Calendar

Jul
31
Sáb
Exposição de cartazes “1907 a 1914: a Primeira era de ouro do cinema Francês”, no Museu Municipal de Faro
Jul 31 2021_Jan 2 2022 todo o dia

Até janeiro, o Museu Municipal de Faro recebe a exposição de Cartazes “1907 a 1914: a Primeira era de ouro do cinema Francês”.

A mostra é composta por 33 cartazes raros, que se encontram atualmente em processo de classificação a Tesouro Nacional

Esta coleção pretende oferecer um olhar sobre a produção cinematográfica gaulesa, num período em que esta alcançou a hegemonia mundial. Permitirá aos visitantes apreciar o trabalho de alguns dos maiores ilustradores da época, recolhidos nas principais salas de espetáculo de Lisboa e Porto pelo artista e colecionador farense Joaquim António Viegas.

Para ver até janeiro, no Museu Municipal de Faro, a exposição de cartazes “1907 a 1914: a Primeira era de ouro do cinema Francês”.

Ago
1
Dom
Exposição de cartazes “1907 a 1914: a Primeira era de ouro do cinema Francês”, no Museu Municipal de Faro
Ago 1 2021_Jan 3 2022 todo o dia

Até janeiro, o Museu Municipal de Faro recebe a exposição de Cartazes “1907 a 1914: a Primeira era de ouro do cinema Francês”.

A mostra é composta por 33 cartazes raros, que se encontram atualmente em processo de classificação a Tesouro Nacional

Esta coleção pretende oferecer um olhar sobre a produção cinematográfica gaulesa, num período em que esta alcançou a hegemonia mundial. Permitirá aos visitantes apreciar o trabalho de alguns dos maiores ilustradores da época, recolhidos nas principais salas de espetáculo de Lisboa e Porto pelo artista e colecionador farense Joaquim António Viegas.

Para ver até janeiro, no Museu Municipal de Faro, a exposição de cartazes “1907 a 1914: a Primeira era de ouro do cinema Francês”.

Ago
2
Seg
Exposição de cartazes “1907 a 1914: a Primeira era de ouro do cinema Francês”, no Museu Municipal de Faro
Ago 2 2021_Jan 4 2022 todo o dia

Até janeiro, o Museu Municipal de Faro recebe a exposição de Cartazes “1907 a 1914: a Primeira era de ouro do cinema Francês”.

A mostra é composta por 33 cartazes raros, que se encontram atualmente em processo de classificação a Tesouro Nacional

Esta coleção pretende oferecer um olhar sobre a produção cinematográfica gaulesa, num período em que esta alcançou a hegemonia mundial. Permitirá aos visitantes apreciar o trabalho de alguns dos maiores ilustradores da época, recolhidos nas principais salas de espetáculo de Lisboa e Porto pelo artista e colecionador farense Joaquim António Viegas.

Para ver até janeiro, no Museu Municipal de Faro, a exposição de cartazes “1907 a 1914: a Primeira era de ouro do cinema Francês”.

Ago
3
Ter
Exposição de cartazes “1907 a 1914: a Primeira era de ouro do cinema Francês”, no Museu Municipal de Faro
Ago 3 2021_Jan 5 2022 todo o dia

Até janeiro, o Museu Municipal de Faro recebe a exposição de Cartazes “1907 a 1914: a Primeira era de ouro do cinema Francês”.

A mostra é composta por 33 cartazes raros, que se encontram atualmente em processo de classificação a Tesouro Nacional

Esta coleção pretende oferecer um olhar sobre a produção cinematográfica gaulesa, num período em que esta alcançou a hegemonia mundial. Permitirá aos visitantes apreciar o trabalho de alguns dos maiores ilustradores da época, recolhidos nas principais salas de espetáculo de Lisboa e Porto pelo artista e colecionador farense Joaquim António Viegas.

Para ver até janeiro, no Museu Municipal de Faro, a exposição de cartazes “1907 a 1914: a Primeira era de ouro do cinema Francês”.

Ago
4
Qua
Exposição de cartazes “1907 a 1914: a Primeira era de ouro do cinema Francês”, no Museu Municipal de Faro
Ago 4 2021_Jan 6 2022 todo o dia

Até janeiro, o Museu Municipal de Faro recebe a exposição de Cartazes “1907 a 1914: a Primeira era de ouro do cinema Francês”.

A mostra é composta por 33 cartazes raros, que se encontram atualmente em processo de classificação a Tesouro Nacional

Esta coleção pretende oferecer um olhar sobre a produção cinematográfica gaulesa, num período em que esta alcançou a hegemonia mundial. Permitirá aos visitantes apreciar o trabalho de alguns dos maiores ilustradores da época, recolhidos nas principais salas de espetáculo de Lisboa e Porto pelo artista e colecionador farense Joaquim António Viegas.

Para ver até janeiro, no Museu Municipal de Faro, a exposição de cartazes “1907 a 1914: a Primeira era de ouro do cinema Francês”.

Ago
5
Qui
Exposição de cartazes “1907 a 1914: a Primeira era de ouro do cinema Francês”, no Museu Municipal de Faro
Ago 5 2021_Jan 7 2022 todo o dia

Até janeiro, o Museu Municipal de Faro recebe a exposição de Cartazes “1907 a 1914: a Primeira era de ouro do cinema Francês”.

A mostra é composta por 33 cartazes raros, que se encontram atualmente em processo de classificação a Tesouro Nacional

Esta coleção pretende oferecer um olhar sobre a produção cinematográfica gaulesa, num período em que esta alcançou a hegemonia mundial. Permitirá aos visitantes apreciar o trabalho de alguns dos maiores ilustradores da época, recolhidos nas principais salas de espetáculo de Lisboa e Porto pelo artista e colecionador farense Joaquim António Viegas.

Para ver até janeiro, no Museu Municipal de Faro, a exposição de cartazes “1907 a 1914: a Primeira era de ouro do cinema Francês”.

Ago
6
Sex
Exposição de cartazes “1907 a 1914: a Primeira era de ouro do cinema Francês”, no Museu Municipal de Faro
Ago 6 2021_Jan 8 2022 todo o dia

Até janeiro, o Museu Municipal de Faro recebe a exposição de Cartazes “1907 a 1914: a Primeira era de ouro do cinema Francês”.

A mostra é composta por 33 cartazes raros, que se encontram atualmente em processo de classificação a Tesouro Nacional

Esta coleção pretende oferecer um olhar sobre a produção cinematográfica gaulesa, num período em que esta alcançou a hegemonia mundial. Permitirá aos visitantes apreciar o trabalho de alguns dos maiores ilustradores da época, recolhidos nas principais salas de espetáculo de Lisboa e Porto pelo artista e colecionador farense Joaquim António Viegas.

Para ver até janeiro, no Museu Municipal de Faro, a exposição de cartazes “1907 a 1914: a Primeira era de ouro do cinema Francês”.

Ago
7
Sáb
Exposição “À procura de um sem sentido irrepresentável”, no Museu Municipal de Faro @ Museu Municipal de Faro
Ago 7_Set 26 todo o dia

Até o dia 26 de setembro, o Museu Municipal de Faro exibe a exposição “à procura de um sem sentido irrepresentável”, por Luís Filipe Rodrigues.

A criação artística como procura de ordem, não a partir da desordem, mas através da reordenação. Uma ordem, não da forma, mas da informalidade do sentimento.

O desenho como exploração, não para representar a forma pré-definida, mas como redefinição da forma de explorar o pensamento visual. Uma redefinição, não do significado, mas do modo de o revelar.

Uma manifestação idiossincrática, não do mental, mas do sistema mente-corpo. Um sistema, não de justaposição, mas de simbiose.

Para ver até o dia 26 de setembro, no Museu Municipal de Faro, a exposição “à procura de um sem sentido irrepresentável”, desenhos por Luís Filipe Rodrigues. A exibição tem início no dia 07 de agosto.

Exposição de cartazes “1907 a 1914: a Primeira era de ouro do cinema Francês”, no Museu Municipal de Faro
Ago 7 2021_Jan 9 2022 todo o dia

Até janeiro, o Museu Municipal de Faro recebe a exposição de Cartazes “1907 a 1914: a Primeira era de ouro do cinema Francês”.

A mostra é composta por 33 cartazes raros, que se encontram atualmente em processo de classificação a Tesouro Nacional

Esta coleção pretende oferecer um olhar sobre a produção cinematográfica gaulesa, num período em que esta alcançou a hegemonia mundial. Permitirá aos visitantes apreciar o trabalho de alguns dos maiores ilustradores da época, recolhidos nas principais salas de espetáculo de Lisboa e Porto pelo artista e colecionador farense Joaquim António Viegas.

Para ver até janeiro, no Museu Municipal de Faro, a exposição de cartazes “1907 a 1914: a Primeira era de ouro do cinema Francês”.

Exposições “Cada Conta, Conta”, de Ana Canto, no Centro Cultural de Lagos @ Centro Cultural de Lagos
Ago 7_Out 9 todo o dia

Até 9 de outubro, o Centro Cultural de Lagos recebe a Exposição de cerâmica “Cada Conta, Conta”, da artista plástica Ana Canto.

Nascida em Maputo, capital de Moçambique, Ana Canto iniciou-se nas artes cerâmicas pela porta da pintura. Tendo a oportunidade de trabalhar com Júlio Amaro, na galeria São Lucas, em Portimão, os ensinamentos permitiram que a sua técnica de pintura fosse utilizada não somente em tela, mas também em barro.

Hoje em dia, a artista tem um repertório amplo de mostras, desde exposições de rua como os “Artistas de Barão”, além de direcionar a sua criação para uma vertente artística, não abandonando, contudo, a criação de peças utilitárias.

Para ver até dia 9 de outubro, no Centro Cultural de Lagos, a exposição de cerâmica “Cada Conta, Conta”, apresentada por Ana Canto. A mostra tem início no dia 07 de agosto.

 
Destacar permite ouvir enquanto navegas na página. Essencial para quem usa Firefox
Destacar permite ouvir enquanto navegas na página. Essencial para quem usa Firefox
Destacar permite ouvir enquanto navegas na página. Essencial para quem usa Firefox
Destacar permite ouvir enquanto navegas na página. Essencial para quem usa Firefox
Destacar permite ouvir enquanto navegas na página. Essencial para quem usa Firefox
 
Newsletter
  1. Aguardamos os teus comentários e Sugestões