Tag Archive | "música"

Dino

Tags: , , , ,

Dino D’Santiago atua no Campo Pequeno

Posted on 29 Maio 2020 by RUA

A música de Dino D’Santiago regressa aos palcos no próximo dia 6 de junho, no Campo Pequeno, para apresentar pela primeira vez ao vivo o seu novo álbum ‘KRIOLA’.

Depois do sucesso de ‘Mundu Nôbu’, que colocou o artista nas bocas do mundo e na escrita internacional de publicações como a norte-americana Rolling Stone e a brasileira Folha de São Paulo, a voz de ‘Nova Lisboa’ assume que ‘KRIOLA’ é o seu álbum mais ativista, onde a Morabeza da linha de Sintra fixa que o crioulo é a segunda língua mais falada na capital portuguesa.

Temas como ‘Kriolo’ (feat Julinho KSD) ou ‘Roda’ vão fazer parte desta celebração tão esperada, contagiando o público com os ritmos criados entre Londres e Lisboa, canções de voz envolvente, filtros electrónicos e ritmos como o batuque ou o funaná.

Depois de mais de dois meses em silêncio, o Campo Pequeno volta a abrir as suas portas para receber Dino D’Santiago, um dos atuais nomes incontornáveis da música portuguesa.

Comentários fechados em Dino D’Santiago atua no Campo Pequeno

Kumpanhia algazarra – Catia Bosa

Tags: , ,

Kumpania Algazarra lançam álbum Live

Posted on 18 Maio 2020 by RUA

Mestres na arte de transformar cada espectáculo na mais louca e inesquecível festa, os Kumpania Algazarra lançam no próximo dia 19 de junho o seu 7º álbum, Live, um registo gravado ao vivo que conta com a participação especial de Ikonoklasta (Luaty Beirão) no tema ‘Actuality’, o primeiro single do disco com um vídeoclip gravado nas Azenhas do Mar.

Os temas foram gravados ao longo de 2019 em diversos concertos de celebração dos seus 15 anos de existência e cristalizam para sempre os momentos vividos no palco na Festa do Avante, na Feira da Luz em Montemor-o-Novo, no MusicBox, nas Festas de São Lourenço nas Azenhas do Mar, no Festival do Caracol em Castro Marim e na Festa da Liberdade no Porto.

Os Kumpania Algazarra nasceram nas ruas de Sintra em 2004 e estar frente a frente com o público faz parte da sua identidade desde o início. É ao vivo que a banda mostra a sua potência máxima. Saltimbancos por natureza, filhos da rua por destino, estes músicos apaixonados em permanente folia, trazem na bagagem quase duas décadas de estrada, palcos, romarias, festivais e festas, pondo sempre toda a gente a dançar.

Trazem tatuadas na pele influências musicais de todas as cores, formas, geografias e latitudes, do ska ao folk, dos ritmos latinos ao funk e ao afro, do reggae às inebriantes melodias dos Balcãs. Enérgicos e vibrantes, já levaram a sua música aos quatro cantos do mundo, actuando em diversos países como a Bélgica, Itália, Suíça, Brasil, França, Espanha, Macau, Reino Unido, Sérvia, entre tantos outros.

Em 2019 comemoraram 15 anos de vida e para assinalar e celebrar a data, a banda gravou este álbum ao vivo onde reúnem temas de todos os discos editados até ao momento. Festa rija dura mais do que um dia e, ao longo do ano, a banda tem vindo a organizar várias iniciativas e passatempos nas redes sociais numa constante celebração deste aniversário.

Para o final de 2020 está ainda programado o lançamento de um álbum de remisturas produzidas por diversos artistas nacionais e internacionais durante o período de reclusão da pandemia.

Créditos Fotográficos: Cátia Bosa

 

 

Comentários fechados em Kumpania Algazarra lançam álbum Live

Capicua

Tags: , , ,

Capicua no Festival Cantos na Maré – Galiza

Posted on 11 Outubro 2018 by RUA

A 14ª edição do Cantos na Maré – Festival da Ilusofonia que acontece na Galiza de 11 a 14 de Outubro, festeja a diversidade, o encontro e a junção de várias culturas que refletem a forma como a cidade de Pontevedra (onde tem lugar) tem crescido, tendo-se tornado nos últimos anos internacionalmente conhecida e premiada pela sua aposta na convivência, sustentabilidade e sobretudo na valorização do seu património natural e cultural.

CAPICUA irá participar no festival, no dia 12 de Outubro. Inicialmente o concerto esteve agendado para espaço ao ar livre, mas devido à chuva que se prevê para os próximos dias na região, a produção teve que alterar a programação do festival, pelo que o espetáculo de Capicua terá lugar no Auditório Pazo da Cultura de Pontevedra, às 22h.

CAPICUA, que já atuou por diversas vezes na Galiza, apresenta-se pela primeira vez com banda, para interpretar temas de todos os álbuns e mixtapes e conta com as participações especiais de WOYZA (Galiza) – pela sua expressividade na mensagem e pela mistura do hip hop com a soul e, EVA RAP DIVA – rainha do rap angolano, conhecida pela sua atitude aguerrida e pela rima rápida no improviso (e por todos os mais laços que as une na cena do hip hop).

O espetáculo é construído na colaboração entre as várias vozes, os vários sotaques e as várias linguagens que se fundem na universalidade da música.

Comments (0)

Et-Cetera-Poster- Applyed

Tags: , , , ,

1ª Edição do Etcetera – Festival de Música e Arte no Parque Ribeirinho de Faro

Posted on 26 Julho 2017 by RUA

Nos dias 4 e 5 de agosto o Parque Ribeirinho de Faro recebe a 1ª Edição do Etcetera – Festival de Música e Arte.

Durante dois dias, das 18h às 5h da manhã, a arte e a música enchem o anfiteatro com vista para  Ria Formosa

Neste evento a música é complementada por intervenções artísticas em consonância com a natureza orgânica do festival.

As produções plásticas feitas in-site dão uma dinamização estética, cultural e artística ao evento. Na música, entre Djs, concerto, house, techno, disco e funk faz-se a fusão entre esta e todas as outras dimensões anteriores.

Do cartaz musical fazem parte :    Slow J, Rhadoo, Rui Vargas, Alexandra e muitos mais nomes.

As intervenções artísticas são assinadas pela Associação 289.

O Etcetera  é um festival consciente, com responsabilidades sociais explícitas que vai apoiar os Bombeiros Voluntários de Faro, a PRAVI e a PALP.

Os bilhetes custam  15 euros para cada dia, e 20 euros para os dois dias e estão à  venda On-line no Residente Advisor, e em Faro no Madalena, no Largo da Madalena das 9h às 2h, ou no recinto, com um acréscimo de 2 euros ao valor das duas opções.

Mais informações no site e no facebook do Etcetera

Comments (0)

festival f-crop

Tags: , , , , , ,

Jorge Palma, Xutos e Pontapés, Salvador Sobral, Mão Morta e muito mais no Festival F 2017

Posted on 26 Julho 2017 by RUA

Após esgotar uma noite em 2016, o Festival F anuncia a sua 4ª edição para os dias 31 de agosto, 1 e 2 de setembro, afirmando-se no roteiro dos festivais de música como o último grande festival de Verão. Em 2017 passa a contemplar três noites de programação, em vez de duas, aumenta a sua lotação em 20% e sai pela primeira vez para fora da muralha, mantendo a Vila Adentro como o coração do festival.

Rui Veloso, Carminho, Miguel Araújo, AGIR, Salvador Sobral, Dengaz, Mão Morta, Jorge Palma e Xutos & Pontapés são alguns dos destaques do alinhamento. A par da programação musical, dividida por sete palcos, o Festival F abrange outras áreas culturais como as artes plásticas, literatura, cinema, tertúlias, artesanato de autor, stand up comedy e ainda várias áreas de street food.

Ao longo de três edições o Festival F tem promovido Faro como local privilegiado para a realização de um festival de música, valorizando o património, através da escolha da zona histórica de Vila Adentro, e a cultura, com uma programação de referência, dinâmica e abrangente. Em 2017, na quarta edição, o festival afirma-se definitivamente no panorama dos grandes festivais de música em Portugal, sendo incluído no projeto Portuguese Music Festivals, promovido pelo Turismo de Portugal.

O Festival F, uma iniciativa do Município de Faro, do Teatro Municipal de Faro, S.M., da Ambifaro e da produtora Sons em Trânsito, é reconhecido pela Europe Festivals Association, que após um processo de avaliação distinguiu o Festival F com o selo EFFE – Europe for Festivals, Festivals for Europe, por dois anos consecutivos, em 2016 e 2017. Também nestes últimos dois anos foi eleito enquanto Escolha do Consumidor.

INFORMAÇÃO DE BILHETEIRA

Pré venda: Passe 3 dias – €30,00 (até dia 25 de agosto)

Passe 3 dias – €40,00 (a partir de 25 de agosto)

Bilhete diário – €15,00

Crianças até aos 12 anos (inclusive) não pagam bilhete.

Pontos de Venda:

BOL: https://teatrodasfiguras.bol.pt/

Bilheteira do Teatro das Figuras – encerrada de 31.07 a 14.08

Pontos de Venda Aderente: Fnac, CTT, Worten e El Corte Inglés

 

Vê aqui o cartaz completo:

31 agosto

Xutos & Pontapés
Salvador Sobral
Dengaz
Samuel Úria
Cuca Roseta
Beatbombers
Couple Coffee
Mishlawi
peixe : avião
Isaura
First Breath After Coma
Tó Trips e João Doce
LST – Lisboa String Trio
Mauro Amaral

1 setembro

Rui Veloso
Agir
Carminho
Valete
Mão Morta
Batida
Alexander Search
They’re Heading West
Valas
The Happy Mess
Lula Pena
S. Pedro
Mimicat
Galopim

2 setembro

Jorge Palma
Miguel Araújo
HMB
Dillaz
Orelha Negra
Frankie Chavez
Noiserv
You Can’t Win, Charlie Brown
DJ Marfox
Júlio Resende & Júlio Machado Vaz
NBC
Riding a MEteor
Diana Martinez & The Crib
Manuel Fúria e os Náufragos

Comments (0)

Mess Fest

Tags: , ,

Mess Fest – Messines é palco de festival de música rock

Posted on 25 Maio 2017 by RUA

O 1º Mess Fest – festival de música rock, organizado pela Associação Cultural UUIVUH, decorre dia 24 de Junho  nos Armazéns Ramiro Graça Cabrita, em Messines, concelho de Silves.

O cartaz é composto por oito bandas. Destaque para a mítica banda do punk português Mata Ratos, que comemoram em 2017 os seus 35 anos de carreira.

O festival conta ainda com Correia, grupo onde militam os irmãos Poli e Mike (Sam Alone / Men Eater), com os My Master The Sun, banda de sludge/doom que apresentará o seu mais recente álbum “A Arte da Desobediência”, com os Prayers of Sanity e mais quatro bandas algarvias: Villain Outbreak, Fuzz Buzz, Cloudleaf e Anarchy Machine, formação de Portimão que apresenta o seu indie rock baseado no seu mais recente lançamento, “Kubler”.

As portas do evento abrem às 14h30m e os concertos terminam à 01h00m do dia seguinte. O bilhete custa 10€. A organização conta com o apoio estreito da Junta de Freguesia de São Bartolomeu de Messines.

Comments (0)

ASIAna Bacalhau

Tags: , , ,

Ana Bacalhau anuncia álbum de estreia a solo para 20 de Outubro

Posted on 25 Maio 2017 by RUA

“Tenho bichos-carapinteiros. Também são carpinteiros, claro, mas, sobretudo, carapinteiros.” Ana Bacalhau anunciou hoje a sua estreia a solo, após uma década a dar voz às canções da Deolinda. “Quando era miúda, ouvia os graúdos a apontar-me o excesso de energia e inquietação e, sem perceber nada de carpintaria, convenci-me que o que me diagnosticavam era um caso bicudo de bichos que cara-pintavam.(…) Houve um dia que pediram um palco para si”, diz Ana Bacalhau sobre o chamamento de se lançar em novas direcções, de dar voz a novos autores e às suas próprias composições.

“Dei ao resultado deste trabalho de cara-pintaria o título de “Nome Próprio”. Para isso, contei com a preciosa ajuda de queridos e talentosos amigos, que entenderam tão bem aquilo que queria dizer.”

O anúncio fez-se com “Ciúme”, um tema composto por Miguel Araújo, estreado hoje nas rádios e com videoclipe a condizer. Realizado por Sérgio Rosário e Igor Fioravanti, com direcção criativa de Joaquim Albergaria, o vídeo replica o conceito de várias Anas Bacalhau a falar entre si, o mesmo que se vê na capa do disco.

“Nome Próprio” teve produção de João Bessa e Ana Bacalhau, foi masterizado nos estúdios de Abbey Road e está disponível, a partir de hoje em pré-venda. Digitalmente, no iTunes, com 5 temas a serem “libertados” até 20 de outubro; na Fnac com desconto e uma edição exclusiva, em cartão e com uma canção extra, “Dama da Noite”, de António Zambujo e João Monge.

Samuel Úria, Jorge Cruz, Nuno Prata, Afonso Cruz, Nuno Figueiredo, Capicua, Márcia, Carlos Guerreiro e Francisca Cortesão são os nomes que constam de “Nome Próprio” e que ajudam Ana Bacalhau a dar voz aos seus bichos-carapinteiros, os mesmos que a levaram também a escrever e compor. As letras “Só Eu” e “Menina Rabina” (ambas com música de Henrique Janeiro) e “Deixo-me Ir”, escrita e composta por Ana Bacalhau são disso exemplo.

Na gravação do disco, Ana Bacalhau contou com a preciosa mestria de Luís Figueiredo (piano, teclados), Luís Peixoto (cavaquinho,bouzouki, banjo), Zé Pedro Leitão (contrabaixo, baixo), Alexandre Frazão (bateria, percussão), músicos que a acompanharão ao vivo. Em “Ciúme”, o primeiro single agora estreado conta ainda como músicos convidados Mário Delgado (guitarra eléctrica) e Amadeu Magalhães (cavaquinho).

“Nome Próprio” assinala, para alegria da sua autêntica legião de fãs, a estreia a solo de uma das mais aclamadas intérpretes portuguesas. Após o lançamento do álbum, Ana Bacalhau transportará estas canções para o palco numa digressão que promete passar por todo o país.

Comments (0)

26.ª Feira da Serra reúne talentos da música portuguesa num único palco

Tags: , , , , , , ,

Música portuguesa marca Feira da Serra 2017

Posted on 15 Abril 2017 by RUA

Cuca Roseta, David Carreira, João Pedro Pais e Roberto Leal são os cabeças de cartaz do palco principal da 26ª Feira da Serra de São Brás de Alportel. Assumindo um forte compromisso com a música portuguesa, o certame dá a conhecer as tradições do Algarve genuíno numa aliança com a inovação, numa nova edição que tem por convidado de honra o Vinho.

A “3 World Tour” do jovem David Carreira vai passar pelo palco da Feira da Serra no dia de abertura, quinta-feira, dia 27 de julho, na estreia de uma edição ampliada para 4 dias de certame. Na sexta-feira, dia 28, é a vez do fado prestigiar o palco da Feira, na voz de Cuca Roseta, a cantora portuguesa que ocupa um lugar no júri do programa televisivo Got Talent Portugal. Sábado, dia 29, após mais uma edição do desfile de moda “São Brás Fashion”, o músico João Pedro Pais subirá ao palco para partilhar com o público os êxitos da sua carreira, no ano em que assinala duas décadas desde que lançou o primeiro álbum.

No último dia, domingo, 30 de julho, a voz inconfundível de Roberto Leal, que já vendeu mais de 17 milhões de discos por todo o mundo, vai animar a noite em São Brás de Alportel, no habitual momento de homenagem aos clássicos da música portuguesa, na última noite do evento.

A 26.ª Feira da Serra de São Brás de Alportel decorre no recinto da Escola E.B. 2,3 Poeta Bernardo de Passos entre os dias 27 e 30 de julho, revelando toda a Alma do Algarve, numa mostra de artesanato, gastronomia, tradição e inovação, tendo por convidado de honra o Vinho. Conhecido como o “licor dos Deuses” o vinho vai inspirar diversas atividades, como provas e demonstrações, que decorrerão durante os quatro dias do evento, numa mostra da qualidade tendencialmente crescente dos vinhos que são produzidos no Algarve.

Num recinto recentemente renovado e ampliado, mantendo as novidades da edição anterior com o novo Espaço Terra e o Palco Radical, a Feira da Serra regressa este ano com uma programação especial, dando primazia à música portuguesa no Palco Principal, aos grupos locais no Palco Sonoridades, continuando a apresentar inovadoras propostas gastronómicas no Palco Sabores e o Sítio dos Curiosos, espaço dedicado aos mais novos, algumas das sugestões disponíveis entre as quinze zonas diferentes que compõem o certame.

Comments (0)

Med 2012

Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,

Novos nomes Confirmados no Festival MED 2012

Posted on 05 Junho 2012 by RUA FM

Juntam-se hoje aos artistas já confirmados mais seis nomes para a 9ª edição do Festival MED, um dos mais conceituados eventos de World Music realizado no nosso País. A 29 e 30 de junho o centro histórico da cidade de Loulé transforma-se num palco de sons, sabores, experiências culturais e expressões artísticas dos quatro cantos do mundo.

Jamaican Legends com Ernest Ranglin, Monty Alexander e Sly & Robbie, Boubacar Traoré, Paus, Cheikh Lô, Throes + The Shine e A Caruma, juntam-se aos já confirmados A Curva da Cintura com Arnaldo Antunes, Toumani Diabaté e Edgard Scandurra, SMOD, Sany Pitbull, A Jigsaw e Norberto Lobo.

A atuação de Jamaican Legends com Ernest Ranglin, Monty Alexander e Sly & Robbie é um daqueles momentos explosivos que não se pode perder na próxima edição do MED. Esta união que reúne em palco quatro grandes mestres de World Music tem como objetivo celebrar o 50º aniversário da independência da Jamaica. Numa digressão mundial, que terá lugar apenas este ano, o grupo  promete aquecer os palcos com a exploração de variadas vertentes do reggae. Este espetáculo único terá lugar dia 30 de junho no palco Matriz.

Neste mesmo dia sobe ao palco Cerca o incontornável artista do blues africano, Boubacar Traoré. O cantor, compositor e guitarrista malinense desenvolveu um estilo único e inimitável, profundamente inspirado no som do kora. Para além destas influências os seus temas levam-nos para sonoridades e letras que lembram alguns grandes bluesmen americanos como Blind Willie McTell, Robert Johnson e Muddy Waters. Este será com certeza um dos momentos fortes do festival.

Cheikh Lô, singular cantor, compositor guitarrista, percussionista e baterista senegalês, considerado por muitos como um dos mais brilhantes músicos africanos das últimas duas décadas, irá atuar dia 29 de junho no palco Matriz. Através da sua voz quente chegam-nos influências de África Ocidental e Central, como o Mbalakh, incorporado com ritmos cubanos, reggae, música brasileira, entre várias outras fusões.

Os Paus são mais um dos nomes nacionais confirmados para a 9ª edição do Festival, MED. Este surpreendente quarteto que reúne quatro grandes artistas portugueses, Joaquim Albergaria, Hélio Morais, Makoto Yagyu e João Pereira, vai apresentar o seu álbum de estreia em Loulé no dia 29 de junho, no palco Cerca. A atuação deste inovador projeto promete impressionar o público com o surpreendente som da bateira siamesa com que se apresenta.

Rockuduro é o rebento primogénito, fruto da união de facto entre o rock de um power-duo portuense (os Throes) e a energia debitada sem trepidez de uns angolanos com pêlos nas guelras (The Shine). Marco Castro, Diron, André do Poster e Igor Domingues já partilharam palcos com grandes músicos como Battles, HEALTH, Spoek ou Mathambo e preparam-se agora para surpreender o mundo com os seus ritmos de festa. O encontro destes dois projetos, Throes + The Shine, é para ser presenciado dia 29 de junho no palco Castelo.

Já no dia 30 de junho o palco Cerca vai ser invadido pela alegria contagiante do pop-marialva traçada a tinto fanfarra com tiques à Emir Kusturica da banda portuguesa A Caruma. Rui Costa (Silence 4, Filarmónica Gil), Carlos Martins (Umpletrue, The Clits, Annette Blade), Pedro Santos (Silence 4, Filarmónica Gil), José Carlos (Dapunksportif, Umpletrue) e ainda a emergente Ana Santo na voz secundária, são os membros que compões esta banda oriunda da Marinha Grande. Através da utilização de um português escolhido a dedo entre o rico léxico da língua portuguesa, os seus temas irónicos, reativos e provocadores prometem conquistar o público do MED.

Os bilhetes já se encontram à venda no Cine–Teatro Louletano e na FNAC do Algarve Shopping. O bilhete diário custa 12,00 €.

Comments (0)

 
Destacar permite ouvir enquanto navegas na página. Essencial para quem usa Firefox
Destacar permite ouvir enquanto navegas na página. Essencial para quem usa Firefox
Destacar permite ouvir enquanto navegas na página. Essencial para quem usa Firefox
Destacar permite ouvir enquanto navegas na página. Essencial para quem usa Firefox
Destacar permite ouvir enquanto navegas na página. Essencial para quem usa Firefox
 
Newsletter
  1. Aguardamos os teus comentários e Sugestões