Slimmy de regresso aos originais com «Freestyle Heart»

Publicado em 05 Março 2013 por RUA FM

«Freestyle Heart» é o nome do terceiro disco de originais de Slimmy disponível a partir de Março em edição de autor. Dez anos depois de se ter estreado com a demo «Beatsound Loverboy, Forsaken and Destroyed», o multi-instrumentista portuense volta a surpreender com um disco assertivo e eletrizante, livre e cheio de brilho.

Conhecido pelo seu estilo irreverente, Slimmy apresenta-se com imagem renovada, reflexo da nova fase da sua vida. Mais estável, o músico fala mesmo em crescimento pessoal e os temas de «Freestyle Heart» são disso um bom exemplo. Positivo, apesar da realidade que vivemos, Slimmy mostra amadurecimento na composição das canções, um trabalho desenvolvido em parceria com o músico canadiano Andrew Torrence que foi também o produtor deste registo.

Mais rock, mais electro, sempre electro-rock, em «Freestyle Heart» Slimmy a sonoridade está mais definida, mas nem por isso estanque. Ao ouvir os 13 temas que compõem este trabalho é fácil perceber os diferentes estados de espírito de Slimmy e a evolução de cada um ao longo do período de composição. Um estilo livre, freestyle por princípio, reflexo da liberdade que sentiu, pela primeira vez, aquando da preparação deste registo. Sem pressões ou timings a cumprir, o músico procurou no baú as músicas que esperavam e mereciam uma segunda oportunidade, deu-lhes uma nova roupagem e, em sintonia, alinhou-as com as criações mais recentes.

Dez anos depois de ter adoptado o inglês como língua musical, Slimmy surpreende agora ao editar, pela primeira vez, uma música em português. Composta em 2007, «Anjo Como Tu» foi publicada no youtube por uma fã e rapidamente ultrapassou as 100 mil visualizações. Um fenómeno viral a que Slimmy não ficou indiferente registando-a agora em disco.

«Freestyle Heart» resulta da paixão e entrega de Slimmy à Música em geral, à sua sonoridade e estilo em particular. Menos sobre si, mais sobre o que o rodeia, «Freestyle Heart» é o esperado sucessor de «Beatsound Loverboy» (2007) e «Be Someone Else» (2010).

«We Are All Made Of Glitter» é o single de apresentação deste novo trabalho. A internacionalização é o próximo passo. Depois do sucesso obtido no mercado inglês – recorde-se a inclusão do tema «Bloodshot Star» na banda-sonora da série «CSI: Miami», e «Self Control» nos resumos desportivos do canal televisivo britânico UK’s Sky Sports – Slimmy assume-se disponível para exportar «Freestyle Heart», sendo Inglaterra um ponto de partida uma vez que viveu e mostrou a sua música em Londres durante três anos.

  • twitter
  • facebook
  • myspace
  • google
  • aim
  • blinklist
  • blogger
  • blogmarks
  • buzz
  • connotea
  • delicious
  • digg
  • diigo
  • fark
  • friendfeed
  • furl
  • linkedin
  • live
  • livejournal
  • magnolia
  • mixx
  • netvibes
  • netvouz
  • newsvine
  • propeller
  • reddit
  • slashdot
  • stumbleupon
  • technorati
  • yahoo

Deixa um Comentário

 
 
Destacar permite ouvir enquanto navegas na página. Essencial para quem usa Firefox
Destacar permite ouvir enquanto navegas na página. Essencial para quem usa Firefox
Destacar permite ouvir enquanto navegas na página. Essencial para quem usa Firefox
Destacar permite ouvir enquanto navegas na página. Essencial para quem usa Firefox
Destacar permite ouvir enquanto navegas na página. Essencial para quem usa Firefox
 
 
Guano Apes em Portugal a 11 de Novembro
  Os Guano Apes estão de regresso a Portugal. O espectáculo está agendado para 11 de Novembro, no MEO Arena - ...
Jorge Palma e Fad’ Nu em Silves
  Segunda-feira, Jorge Palma é o convidado da iniciativa Lado B. O espectáculo está marcado para as 21:30 no Teatro Mascarenhas ...
   
Tenho Dito – 17Abr – Elisabete Rodrigues – Gorduras, cortes e vítimas
Elisabete RodriguesQuando falta pouco mais de um mês para o fim ...
Tenho Dito – 10Abr – Elisabete Rodrigues – Reviver a vontade de sonhar!
Elisabete RodriguesA revolução do 25 de Abril de 1974 comemora, dentro ...
Tenho Dito – 04Abr – Nuno Silva – Desemprego
Nuno Silva_NovoA análise dos números do desemprego em Portugal, pese embora ...
  1. Aguardamos os teus comentários e Sugestões