Inscrições abertas até dia 23 de fevereiro para bolsa de criação sobre Geoparque Algarvensis

Publicado em 10 Fevereiro 2020 por RUA FM

Decorre até 23 de fevereiro o prazo de candidaturas para a bolsa de criação artística, no âmbito do programa “Sustentar”, uma iniciativa da Ci.CLO, em parceria com a Câmara Municipal de Loulé e outros parceiros.

A atribuição desta bolsa contempla o apoio ao desenvolvimento de novos projetos com produção de exposição itinerante, que será integrada na programação da Bienal’21 Fotografia do Porto e nos vários espaços expositivos dos parceiros envolvidos no programa. Esta convocatória é direcionada a artistas nacionais e estrangeiros residentes em Portugal que utilizem fotografia e vídeo como meio de expressão.

O programa de criação artística “Sustentar” tem como objetivo produzir uma série de

projetos sobre iniciativas experimentais que estão a ser implementadas em território nacional como resposta aos desafios ecológicos e sociais que enfrentamos . Pretende-se fomentar e destacar as boas práticas e tendências positivas relevantes no âmbito da sustentabilidade ecológica, social e económica, que estimulem uma cidadania mais ativa e, subsequentemente, mais coesa e responsável na conservação dos recursos naturais e do património cultural.

Os artistas selecionados – em Loulé e nos restantes (cinco) territórios – vão integrar um programa de criação organizado pela Ci.CLO, que resultará numa exposição coletiva com um acompanhamento curatorial de Virgílio Ferreira,diretor artístico da Ci.CLO e da Bienal Fotografia do Porto e coordenador do programa”Sustentar”; Pablo Berástegui, curador e diretor da Galeria de Fotografia Salut au Monde e Krzysztof Candrowicz, curador, diretor de arte, investigador e educador, ex-diretor artístico da Triennale der Photographie Hamburg.

 

“Proteger e Valorizar uma História com 350 milhões de anos” é o repto lançado para a bolsa de Loulé que assenta na candidatura a Geoparque Mundial da UNESCO Geoparque Algarvensis Loulé-Silves-Albufeira. A geodiversidade do aspirante Geoparque Algarvensis Loulé-Silves-Albufeira remonta a 350 milhões de anos, altura em que se começou a “desenhar” a serra algarvia, marcada pelos grauvaques e pelos xistos argilosos. Mas nem só nas rochas se grava a história: este território é habitado desde a Pré-História, há pelo menos 20 mil anos. Tendo como pano de fundo o envolvimento das comunidades locais, o Município de Loulé está comprometido com a valorização deste património natural e cultural. O objetivo deste projeto é promover o conhecimento sobre o território através da criação de sinergias entre atividades culturais, ambientais, sociais, científicas, educacionais e turísticas, assegurando as condições para um desenvolvimento sustentável.

Mais informações sobre o programa de criação artística “Sustentar” disponíveis em https://ciclo-bienal.org/sustentar/

 

 

CML/GAP /RP

 

 

  • twitter
  • facebook
  • myspace
  • google
  • aim
  • blinklist
  • blogger
  • blogmarks
  • buzz
  • connotea
  • delicious
  • digg
  • diigo
  • fark
  • friendfeed
  • furl
  • linkedin
  • live
  • livejournal
  • magnolia
  • mixx
  • netvibes
  • netvouz
  • newsvine
  • propeller
  • reddit
  • slashdot
  • stumbleupon
  • technorati
  • yahoo

Comentários fechados.

 
Destacar permite ouvir enquanto navegas na página. Essencial para quem usa Firefox
Destacar permite ouvir enquanto navegas na página. Essencial para quem usa Firefox
Destacar permite ouvir enquanto navegas na página. Essencial para quem usa Firefox
Destacar permite ouvir enquanto navegas na página. Essencial para quem usa Firefox
Destacar permite ouvir enquanto navegas na página. Essencial para quem usa Firefox
 
Newsletter
  1. Aguardamos os teus comentários e Sugestões