Arquivo | Universidade

UAlg lança sistema partilhado de bicicletas para toda a comunidade académica

Publicado em 12 Fevereiro 2020 por RUA FM

A mudança de paradigma de uma mobilidade essencialmente motorizada para o uso de modelos de conduta cada vez mais sustentáveis terá de ser feita à custa de um esforço partilhado entre a sociedade civil e os organismos públicos. Nesta perspetiva, a Universidade do Algarve vai lançar no dia 14 de fevereiro, às 11h00, na sala de Seminários da Reitoria, no Campus de Gambelas, um sistema partilhado Eco Bike, disponibilizando 100 bicicletas para uso da comunidade académica.

As bicicletas foram adquiridas ao abrigo do Fundo Ambiental (ministério do Ambiente, ENEA2020), no âmbito da promoção de hábitos de atividade física e desportiva e do incentivo às formas de mobilidade ligeira mais sustentável.

Espera-se desta forma aumentar significativamente a percentagem de alunos e funcionários a optarem por modos ligeiros de mobilidade, contribuindo assim para uma sociedade mais saudável e de baixo carbono.

Estas bicicletas poderão ser utilizadas de forma gratuita e temporária, sendo o utilizador o responsável pela Eco Bike. Este sistema permitirá ainda monitorizar o bem-estar do utilizador através de inquéritos periódicos.

Em complemento está ser desenvolvida uma aplicação informática interativa que mapeia as vias rodoviárias da cidade de Faro consideradas mais seguras pelos ciclistas.

Comentários fechados em UAlg lança sistema partilhado de bicicletas para toda a comunidade académica

UAlg recebe apresentação do livro «40 anos do SNS»

Publicado em 12 Fevereiro 2020 por RUA FM

“40 Anos do SNS” é o título do livro da autoria de Maria Elisa Domingues, que será apresentado por Adalberto Fernandes, antigo ministro da Saúde, no dia 20 de fevereiro, às 18h30, no Anfiteatro Teresa Gamito (edifício 1), no Campus de Gambelas da Universidade do Algarve.

O livro, constituído por 11 capítulos, debruça-se sobre variados temas relacionados com a história do Serviço Nacional de Saúde (SNS), tais como os seus precursores, a saúde materno-infantil, cuidados de saúde primários e hospitalares, saúde mental, envelhecimento e saúde, entre outros. Conta, ainda, com textos de diversas personalidades, nomeadamente do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, do antigo Presidente da República, Jorge Sampaio, e dos bastonários das várias ordens profissionais da área da Saúde.

Sinopse

«Foi num programa de informação que eu, então, coordenava e apresentava na RTP, que António Arnaut divulgou pela primeira vez, para o grande público, o seu projecto do Serviço Nacional de Saúde. Ainda jovem, e desde sempre interessada pelo que à Medicina dissesse respeito, não pude deixar de me regozijar com aquilo que me pareceu ser uma extraordinária reforma para o país. Mas lembro-me de que, na época, quer à direita, quer mesmo à esquerda, nem todos aplaudiram a ideia sem reservas.

Quando, no ano passado, por total coincidência, fui convidada a escrever um livro a assinalar os 40 anos do SNS, a primeira coisa que fiz foi telefonar a António Arnaut e contar-lhe do projecto: até aos seus últimos dias, pude contar com o seu apoio e entusiasmo. Tudo o que pudesse, de alguma forma, servir para ajudar a manter vivo o “seu” SNS era, para ele, motivo de interesse.

Talvez por isso tenha sentido tanto a falta dos seus telefonemas com ideias e sugestões. Mas não só: com a morte de António Arnaut, o país perdeu um homem bom e íntegro, como poucos.

Antes dele, antes mesmo do 25 de Abril, uma geração de servidores do Estado, de grande capacidade intelectual e espírito empreendedor, havia começado a construir os alicerces do que viria a ser o SNS: sem Arnaldo Sampaio, Gonçalves Ferreira, Baltazar Rebelo de Sousa, Albino Aroso ou Miller Guerra, teria sido mais difícil erguer o Serviço Nacional de Saúde. No balanço dos 40 anos, este livro evoca também esses precursores.

Procurei registar aquelas que foram as grandes conquistas do SNS, graças às quais passámos de um país atrasado, com maus indicadores de saúde, para um dos mais bem colocados, a nível europeu. Críticas, ouvi muitas, e não deixei de assinalar as que me pareceram mais pertinentes: tentei também que, neste livro, se ouvissem as vozes e o sentir dos trabalhadores da saúde e dos doentes.

Mas celebrar 40 anos deste projecto audacioso é, acima de tudo, motivo de júbilo. É isso que sinto por, durante uns meses, ter acompanhado as pessoas e os lugares onde, diariamente, se constrói o SNS.»

Sobre a Autora

Maria Elisa Domingues nasceu em Lisboa, em 1950. Fez o liceu no D. Filipa de Lencastre, estudou dois anos na Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, frequentou o Curso de Teatro do Conservatório Nacional. Foi fundadora do grupo de Teatro «A Comuna».

Entrou para a RTP, em 1973, por concurso público, estudou jornalismo numa das mais prestigiadas escolas francesas, o Centre de Formation des Journalistes, em Paris, e desde então desenvolveu uma longa carreira, como jornalista de televisão: apresentou o Telejornal, concebeu e apresentou centenas de programas de informação, pelos quais recebeu diversos prémios. Entre 2009 e 2011, coordenou e apresentou o programa semanal Serviço de Saúde, da RTP1.

Foi, por duas vezes, diretora de programas da RTP e a primeira diretora de programas da SIC.

Foi assessora para a comunicação social da primeira-ministra Maria de Lurdes Pintasilgo, Conselheira de Imprensa da Embaixada de Portugal em Madrid (1986-1988) e Conselheira Cultural da Embaixada de Portugal em Londres (2004-2006). Foi deputada à Assembleia da República de 2002 a 2004. Fundou e dirigiu o Serviço de Comunicação da Fundação Calouste Gulbenkian (1995-1998).

Lançou a revista Marie Claire e é colaboradora regular da imprensa escrita, tendo publicado centenas de crónicas, reportagens, entrevistas, nomeadamente no Diário de Notícias, Público, Expresso, Visão, Elle, Vogue, Máxima. Publicou anteriormente «Viver com Fibromialgia», em coautoria com Jaime Branco (2008); «Amar e Cuidar: A Minha Viagem pelo Mundo do Cancro» (2012), e «Confissões de Uma Mulher Madura», (2015).

Comentários fechados em UAlg recebe apresentação do livro «40 anos do SNS»

Docentes da UAlg lançam livro sobre Matemática Financeira

Publicado em 12 Fevereiro 2020 por RUA FM

Fernanda Matias, Ana Martins, Carlos Monteiro e Telma Correia, docentes da Escola Superior de Gestão, Hotelaria e Turismo (ESGHT) da UAlg, são os autores do livro “Matemática Financeira – Teoria e Prática” que vai ser lançado no dia 18 de fevereiro, às 18h00, no Anfiteatro da ESGHT, no Campus da Penha.

A sessão, que contará com a presença do reitor da UAlg, Paulo Águas, e da diretora da ESGHT, Alexandra Rodrigues, incluirá ainda uma palestra sobre “Literacia Financeira” proferida por Susana Narciso, coordenadora de Área no Departamento de Supervisão Comportamental do Banco de Portugal.

Depois da apresentação do livro, editado pelas Edições Sílabo, haverá uma sessão de autógrafos.

Comentários fechados em Docentes da UAlg lançam livro sobre Matemática Financeira

Investigadores da UAlg vencem prémios Castelbel e Professor Doutor Luís Archer

Publicado em 05 Fevereiro 2020 por RUA FM

Os investigadores do Centro de Investigação em Biomedicina (CBMR) da Universidade do Algarve, Tomás Azevedo e Adriana Marcelo, foram distinguidos com o prémio Castelbel e com o prémio Professor Doutor Luís Archer, para melhor comunicação oral e melhor poster, respetivamente, no âmbito do Congresso International Meeting of the Portuguese Society of Genetics.

Durante o evento, os investigadores apresentaram trabalhos na área da biologia evolutiva e do desenvolvimento e na área das neurociências. Tomás Azevedo foi distinguido pelo trabalho intitulado “Evolution of Axial/Paraxial mesoderm formation: The role of CNOT2”  e Adriana Marcelo pelo trabalho “Genetic Mouse Model for Spinocerebellar Ataxia Type 2”.

Comentários fechados em Investigadores da UAlg vencem prémios Castelbel e Professor Doutor Luís Archer

“A+ Dádiva” convida estudantes da UAlg a doar sangue

Publicado em 04 Fevereiro 2020 por RUA FM

Um grupo de estudantes do 4º ano do Curso de Licenciatura em Enfermagem juntamente com a Direção da Escola Superior de Saúde da Universidade do Algarve promove a campanha “A+ Dádiva”.

A iniciativa pretende sensibilizar a comunidade algarvia para a importância da doação de sangue.

A recolha tem lugar nos dias 5, 12 e 19 de fevereiro, existindo transporte gratuito entre as 10 e as 15 horas, a partir da Universidade do Algarve – Campus das Gambelas para o Serviço de Sangue do Centro Hospitalar Universitário do Algarve, a fim de efetivar a doação.

Comentários fechados em “A+ Dádiva” convida estudantes da UAlg a doar sangue

Prémio Carreira Alumni UAlg vai ser entregue no dia 5 de fevereiro

Publicado em 03 Fevereiro 2020 por RUA FM

A Universidade do Algarve promove pelo quinto ano consecutivo o Prémio Carreira Alumni. A premiada é Isabel Torres de Noronha, licenciada em Biologia Marinha, que vai ser distinguida numa cerimónia pública, com início às 14h30 do dia 5 de fevereiro, na sala de seminários da reitoria, no Campus de Gambelas.

Esta iniciativa, intitulada “Uma tarde, três encontros”, começa com uma palestra sobre a importância e vantagens da tutoria por pares, subordinada ao tema “Educação pelos Pares e promoção da saúde e do sucesso académico”, seguindo-se o lançamento da “V Edição do Programa de Mentoria Alumni”.

O ponto alto da cerimónia será a entrega do Prémio Carreira Alumni, que este ano foi atribuído a Isabel Torres de Noronha. É licenciada em Biologia Marinha (1995/1996) e doutorada em Marine Policy. Especializou-se em governança oceânica e políticas integradas, análise de políticas públicas e desenvolvimento sustentável, na Universidade de Delaware, nos Estados Unidos da América. Desenvolve a sua atividade através da interface da ciência com a política, visando a consolidação de políticas estratégicas e ambientais do oceano. É diretora da empresa de consultoria InventAr, Lda, que lidera as áreas de desenvolvimento sustentável, assuntos oceânicos e ambientais e impactos cumulativos, para produzir conhecimento multidisciplinar e consultoria em políticas.

Também Pedro Bastos, licenciado em Bioquímica (2006/2007) e fundador da empresa Nutrifresco, especializada na comercialização de pescado de altíssima qualidade para a hotelaria e restauração de topo, irá ser distinguido com uma menção honrosa.

Comentários fechados em Prémio Carreira Alumni UAlg vai ser entregue no dia 5 de fevereiro

Grupo de universitários/voluntários da Missão País da UAlg em Alcoutim

Publicado em 24 Janeiro 2020 por RUA FM

Alcoutim vai receber de 2 a 9 de fevereiro um grupo de 50 universitários/voluntários da Universidade do Algarve, que vão desenvolver atividades em todo o concelho como nas Escolas, Lares, Centros Dia e até Porta-a-Porta.

Estas ações fazem parte do projeto da Missão País, que nasceu em 2003 e que se caracteriza por ser um projeto Universitário Católico, com o principal objetivo de levar estudantes universitários para uma vila portuguesa durante uma semana e aí, ir ao encontro das necessidades concretas da vila.

Diariamente haverá Terço e Missa na Ermida de Nossa Senhora da Conceição a partir das 18h, e quinta-feira no mesmo local Vigília a partir das 21h30.

Na sexta-feira, os voluntários da Missão País são recebidos para jantar pela comunidade. Quem quiser participar nesta ação, pode consultar os contatos disponíveis no cartaz.

No sábado, os voluntários são os protagonistas de “O Ensaio – Peripécias de um espetáculo”, uma peça de teatro que vai refletir sobre as experiências da semana. Terá duas sessões uma em Martim Longo no sábado dia 8 e em Alcoutim no domingo dia 9 ambas a partir das 15h30 e com entrada livre.

Comentários fechados em Grupo de universitários/voluntários da Missão País da UAlg em Alcoutim

Investigador do ICArEHB publica artigo sobre as origens do trigo na revista científica PLOS ONE

Publicado em 24 Janeiro 2020 por RUA FM

“Multiregional origins of the domesticated tetraploid wheats” é o título do artigo do investigador do Centro Interdisciplinar de Arqueologia e Evolução do Comportamento Humano (ICArEHB) da Universidade do Algarve, Hugo Oliveira, publicado no dia 22 de janeiro, na revista científica de acesso livre PLOS ONE.
Este artigo, elaborado em conjunto com uma equipa da Universidade de Manchester, deriva de uma investigação sobre as origens complexas do trigo, nomeadamente de uma espécie já pouco cultivada mas que é o ancestral dos trigos atuais, o Farro. Até ao início do século XX este trigo era cultivado em Portugal, e dele deriva a palavra “farinha”.

Esta espécie foi uma das primeiras a ser domesticada pelos humanos, tendo sido este um passo importante para a transição entre a caça-recoleção e a agricultura. Enquanto os registos arqueológicos sugerem que o cultivo começou na área sul do Levante, na fronteira leste do Mar Mediterrâneo, há cerca de 9500 anos, estudos genéticos apontavam para que a sua origem tenha sido na região norte do Crescente Fértil, atual Turquia.

Para esclarecer as origens do Farro, os investigadores examinaram 189 variedades domesticadas de Farro, trigo-duro (usado para massas e couscous) e do seu ancestral selvagem (Triticum dicoccum subsp. dicoccoides) e utilizaram mais de um milhão de variações genéticas para descobrir as relações entre diferentes tipos de trigo.

Baseado nessa análise, os investigadores propõem que variedades de Farro selvagens, cultivadas por humanos mas ainda não domesticadas, propagaram-se desde o sul do Levante até ao sudeste da Turquia, onde se terá misturado com uma população locais de Farros selvagem produzindo a primeira variedade domesticada. Os resultados desta hibridação podem ainda ser detetados nos Farros selvagens existentes na Turquia atualmente.
As complexas relações evolutivas entre Farros selvagens e as variedades de trigo cultivado, descobertas nesta investigação, são semelhantes ao cruzamento que ocorreu entre outras colheitas de grãos selvagens e cultivados, como a cevada e o arroz.

Comentários fechados em Investigador do ICArEHB publica artigo sobre as origens do trigo na revista científica PLOS ONE

Próximo «Prós e Contras» vai realizar-se na UAlg e tem como destaque as alterações climáticas

Publicado em 23 Janeiro 2020 por RUA FM

Aproveitando a presença de cerca de 260 especialistas do Painel Intergovernamental sobre Alterações Climáticas (IPCC) para uma reunião que terá lugar na Universidade do Algarve, de 26 de janeiro a 1 de fevereiro, o programa «Prós e Contras» da próxima segunda-feira, dia 27 de janeiro, irá realizar-se no Grande Auditório do Campus de Gambelas, pelas 20h30, tendo como pano de fundo “O último relatório do clima”.

O programa contará com os mais reputados cientistas mundiais que estarão em Portugal para avaliar o impacto das alterações climáticas.

Cientistas e ministro do Mar, estarão no «Prós e Contras», em direto da Universidade do Algarve, segunda-feira à noite, na RTP1.

Todos os interessados em assistir ao programa terão que inscrever-se obrigatoriamente aqui.

Comentários fechados em Próximo «Prós e Contras» vai realizar-se na UAlg e tem como destaque as alterações climáticas

UAlg acolhe CONSOLFOOD 2020

Publicado em 22 Janeiro 2020 por RUA FM

A Universidade do Algarve recebe, entre os dias 22 e 24 de janeiro, a terceira edição da Conferência Internacional Advances in Solar Thermal Food Processing (CONSOLFOOD 2020), que decorrerá no Instituto Superior de Engenharia (ISE), no Campus da Penha.

Esta conferência, que contará com 80 participantes provenientes de todo o mundo, terá como oradores principais Manoj Soni, professor do Birla Institute of Technology and Science, Pilan, Rajasthan (Índia) e Jürgen Kleinwächter, físico e inventor.

Durante três dias, os participantes irão apresentar e discutir tópicos relacionados com os avanços da cozinha solar, incluindo o processamento de alimentos no que respeita à cocção e à desidratação dos alimentos. Para além das palestras, haverá um espaço de exposição de fornos solares de autores de Portugal, Espanha, Índia, Lesotho, México, Brasil e Estados Unidos, França, entre outros.

Celestino Ruivo, docente do Instituto Superior de Engenharia da UAlg e responsável pela dinamização desta conferência, tem sido um grande impulsionador da “cozinha solar”, pois considera que, através da demonstração efetiva do seu potencial, é possível utilizá-la em vários contextos: na casa de cada família, nos restaurantes, nas cantinas escolares, nas fábricas, nos lares de idosos, e em instituições diversas.

Face ao exponencial aumento dos consumos de energia e aos problemas ambientais locais e globais, Celestino Ruivo defende que “a atividade de exploração nas unidades fabris e a vida quotidiana de cada ser humano deve ser pautada por práticas de boa eficiência na utilização dos recursos naturais, incluindo os energéticos”. Na sua opinião, “tais práticas contribuirão, certamente, para a manutenção de condições de equilíbrio na natureza e, consequentemente, para uma vida mais saudável”.

A cozinha solar, conhecida há muitas décadas, mas utilizada por um número restrito de pessoas, assume-se como um pilar importante principalmente nas regiões com elevado potencial de radiação solar de que é exemplo o sul da Península Ibérica.

Durante este terceiro encontro, os participantes terão ainda a oportunidade de confecionar os almoços e coffee breaks, utilizando a energia solar térmica.

Consultar mais informações em: www.consolfood.org

Comentários fechados em UAlg acolhe CONSOLFOOD 2020

 
Destacar permite ouvir enquanto navegas na página. Essencial para quem usa Firefox
Destacar permite ouvir enquanto navegas na página. Essencial para quem usa Firefox
Destacar permite ouvir enquanto navegas na página. Essencial para quem usa Firefox
Destacar permite ouvir enquanto navegas na página. Essencial para quem usa Firefox
Destacar permite ouvir enquanto navegas na página. Essencial para quem usa Firefox
 
Newsletter
  1. Aguardamos os teus comentários e Sugestões