Arquivo | Música

Future Islands confirmados no NOS Alive’18

Publicado em 24 Novembro 2017 por RUA

Future Islands, o trio de Baltimore, é a mais recente confirmação para o NOS Alive’18. O maior nome do panorama alternativo norte-americano atual sobe ao Palco Sagres dia 13 de julho. A banda de Samuel T. Herring, a primeira anunciada para o Palco Sagres, junta-se ao cartaz com os já anunciados Queens Of The Stone Age e The National.

A banda traz ao Passeio Marítimo de Algés “The Far Field”, o quinto álbum de originais, sucessor dos fabulosos “On The Water” (2011) e “Singles” (2014). “The Far Field” foi produzido pelo produtor vencedor de um Grammy, John Congleton, nos estúdios Sunset Sound em Los Angeles, responsável por discos de bandas como Beach House, Yeah Yeah Yeahs e Grizzly Bear.

A banda tem sido amplamente elogiada pela crítica e pelo público, não só pelos discos irrepreensíveis que têm apresentado, como pelas atuações absolutamente brilhantes ao vivo. Um concerto a não perder dia 13 de julho no Palco Sagres.

A edição do NOS Alive’17 ficou marcada como a mais bem sucedida de sempre tendo esgotado na totalidade a três meses da abertura de portas, feito único no panorama dos festivais desta dimensão em Portugal.

O NOS Alive’18 está de regresso ao Passeio Marítimo de Algés nos dias 12, 13 e 14 de julho de 2018.

 

Comentários (0)

Salvador Sobral confirmado como um dos grandes vencedores dos prémios EBBA 2018

Publicado em 21 Novembro 2017 por RUA

Salvador Sobral é confirmado como um dos vencedores dos European Border Breakers Award 2018, um prémio a nível europeu para artistas emergentes e que têm conhecido um excepcional nível de sucesso na Europa.

Em 2017, Salvador Sobral alcançou uma vitória recordista na competição Eurovisiva, e a primeira vitória de sempre de Portugal no Festival, com a balada “Amar Pelos Dois”, escrita e composta por Luísa Sobral, sua irmã. Em 2016 o cantor já havia lançado o seu álbum de estreia, “Excuse Me”, que o afirma como um talentoso escritor e compositor.

Sendo os prémios EBBA atribuídos a artistas, nacionais de um dos países participantes no programa da UE “Europa Criativa”, que atingem um nível de sucesso internacional à escala europeia no período entre 1 de agosto 2016 e 31 de julho de 2017, o percurso de Salvador Sobral destacou-se de forma clara para a organização que atribui estes prémios.

Os EBBA

Os prémios EBBA celebram os novos artistas e os que se estabelecem além fronteiras, os que criam a música de hoje e do amanhã. De Dua Lipa (UK) a Alan Walker (Noruega), os vencedores dos EBBA representam alguns dos talentos que mais se destacaram recentemente na cena da música europeia.

A lista de vencedores inclui nomes como: Adele, Christine & the Queens, Stromae, Gabriel Rios, Hozier, Of Monsters and Men, Mumford & Sons, Aurora, Disclosure, John Newman, C2C, Tokio Hotel, The Script, Years and Years, Robin Schulz, Carnival Youth, MØ e Selah Sue.

Portugal já esteve representado na lista de vencedores dos prémios EBBA em 2010 com Buraka Som Sistema e em 2013 com Amor Electro, ambos distinguidos com o mesmo prémio que Salvador Sobral.

É cada vez mais claro que a Música Move a Europa (Music Moves Europe). Os EBBA são uma das formas de celebração da música contemporânea e popular europeia, que conecta artistas à indústria e aos fãs.

Comentários (0)

Vodafone Mexefest exibe documentário “Charles Bradley: Soul of America”

Publicado em 20 Novembro 2017 por RUA

Numa homenagem à lenda da soul norte-americana, o Vodafone Mexefest vai exibir o documentário “Charles Bradley: Soul of America”. O músico – que esteve confirmado para a edição deste ano e de 2016 do Festival, mas infelizmente não conseguiu marcar presença –, faleceu em setembro sem ter tempo para realizar tudo o que gostaria. Nem tão pouco ser ouvido vezes suficientes pelos seus fãs, e receber em troca os aplausos de gratidão que merecia.

Para celebrar a magia da sua música, o Vodafone Mexefest mostra o documentário que conta a história de uma vida difícil, de pobreza e tragédia, e de uma carreira que começou tarde demais, em 2011, aos 62 anos, com o álbum de estreia “Time for Dreaming”. Um disco enorme de música soul, que acabaria por dar a Charles Bradley o reconhecimento que devia ter chegado mais cedo, mas com que será para sempre lembrado.

Charles Bradley: Soul of America” vai ser exibido no sábado, dia 25, na sala 3 do Cinema São Jorge, às 18h00, para quem tiver pulseira do festival, até ao limite da lotação da sala.

O Vodafone Mexefest contribui, assim, para manter viva a memória daquele que era um dos nomes mais desejados pelo público do Festival e uma das vozes e das almas mais inspiradoras dos últimos anos.

Comentários (0)

Vodafone Mexefest – Samuel Úria convida Ana Bacalhau & Gisela João e Jessie Ware cancela a atuação

Publicado em 16 Novembro 2017 por RUA

Faltam poucos dias para o festival mais cool do outono lisboeta. Nos dias 24 e 25 de novembro, a Avenida da Liberdade, em Lisboa, volta a encher-se de um público ávido pela melhor música do momento para mais um Vodafone Mexefest. São muitos os talentos que preenchem o cartaz desta edição, aos quais se junta uma surpresa de última hora: Samuel Úria, que atua dia 24, no Cinema São Jorge – Sala Manoel de Oliveira.

O músico português não vem sozinho e chama duas das vozes e personalidades femininas que mais admira e respeita no panorama musical português: Ana Bacalhau, para quem criou “Só Querer Buscar”, canção incluída no disco de estreia a solo da artista e que se escutará no São Jorge; e Gisela João, com quem ‘flirta’ artisticamente desde a estreia em disco da fadista. Esta admiração mútua dará frutos muito em breve, com o lançamento de material inédito.

De “Carga de Ombro” escutar-se-á, seguramente, o tema homónimo que deu título ao disco, “É Preciso que eu Diminua” ou “Dou-me Corda”, mas a noite não terminará sem que Samuel percorra as canções mais representativas da sua discografia – “Teimoso”, “Não Arrastes O Meu Caixão”, “Espalha Brasas” ou “Lenço Enxuto”.

Por conflitos de última hora da agenda da artista, alheios á organização do festival, Jessie Ware não vai poder atuar no Festival, mas promete voltar:

“I’m so sorry that I won’t be performing at Mexefest this year. I adore Lisbon and will make sure I’m back sooner rather than later! Again, so sorry, I can’t wait to play for you all. All my love, Jessie”

Aqueles que queiram a devolução do seu bilhete, devem efectuar o seu pedido no local onde o adquiriram, até ao dia 22 de novembro.

A atuação de Destroyer passa assim para o Coliseu dos Recreios, no mesmo dia e hora prevista para o concerto de Jessie Ware.

Comentários (0)

Queens of the Stone Age confirmados no NOS Alive’18 dia

Publicado em 15 Novembro 2017 por RUA

O NOS Alive acaba de confirmar Queens Of The Stone Age dia 13 de julho no Palco NOS. Esta que é hoje uma das maiores bandas de rock de sempre junta-se ao cartaz do festival no mesmo dia dos já anunciados The National.

Queens Of The Stone Age, a banda de Josh Homme, que conta hoje com uma carreira de mais de vinte anos e colaborações com alguns dos mais cobiçados nomes pesados do rock como Dave Grohl, Mark Lanegan, Alex Turner, entre outros, vem a Portugal para apresentar em primeira-mão o mais recente álbum de originais “Villains”.

A edição do NOS Alive’17 ficou marcada como a mais bem sucedida de sempre tendo esgotado na totalidade a três meses da abertura de portas, feito único no panorama dos festivais desta dimensão em Portugal.

O NOS Alive’18 está de regresso ao Passeio Marítimo de Algés nos dias 12, 13 e 14 de julho de 2018.

 

Comentários (0)

“Legacy Of The Beast World Tour” dos Iron Maiden passa por Lisboa

Publicado em 14 Novembro 2017 por RUA

No seguimento de uma muito bem-sucedida digressão mundial de apoio ao seu 16º álbum de estúdio, «The Book Of Souls», em 2016-2017, os IRON MAIDEN voltarão à estrada em 2018 para uma série de espetáculos em arenas e festivais na Europa. A abertura da Legacy Of The Beast World Tour acontece em Talin, na Estónia, a 26 de Maio do próximo ano e termina na O2 Arena, em Londres, a 10 de Agosto, sendo que a lendária banda britânica tem passagem marcada por Portugal a 13 de Julho, para um concerto único na Altice Arena, em Lisboa. O roteiro completo da tour pode ser consultado em IronMaiden.com, sendo que esta rota vai prolongar-se por 2019.

O conceito da Legacy Of The Beast World Tour foi inspirado no jogo para telemóvel e no livro de B.D. do mesmo nome e o design do palco para as atuações contará com uma série de “mundos” diferentes, mas interligados, com um alinhamento definido que vai cobrir uma grande seleção de material dos anos 80 e algumas surpresas de álbuns posteriores para adicionar diversidade.

Rod Smallwood, o manager dos Iron Maiden, explica:
“Como os fãs sabem, temos vindo a seguir um ciclo de digressões particular desde que o Bruce e o Adrian voltaram a juntar-se aos Maiden no início do milénio, alternando tours de promoção aos álbuns novos com rotas históricas, apoiadas nos maiores sucessos do grupo. Há várias razões para gostarmos de trabalhar desta forma, mas o mais importante é mesmo o facto de darmos à banda oportunidade de tocar não só material novo mas também todos os temas mais antigos, que já sabemos que os nossos seguidores gostam de ouvir. Isso mantém as coisas frescas, não só para os nossos fãs, mas também para o próprio grupo.
Para esta digressão histórica/êxitos decidimos basear o conceito em torno do nome Legacy Of The Beast, que se adequa perfeitamente aos nossos objetivos, dando-nos o alcance necessário para podermos criar algo criativo e divertido, especialmente com Eddie! Por enquanto, não quero estar já a revelar demasiado, mas estamos a trabalhar numa série de palcos diferentes, todos de acordo com a tradição dos Maiden e esperamos proporcionar aos nossos fãs uma experiência fantástica quando vierem ver este espetáculo muito especial ”.

Os ingressos para a maioria destes concertos vão estar à venda a partir de sexta-feira, dia 24
de Novembro. Verifique em www.IronMaiden.com toda a informação. Como sempre, haverá uma pré-venda exclusiva para os membros do Clube de Fãs, a partir de segunda-feira, dia 20.

Comentários (0)

Marilyn Manson a 27 de junho no Campo Pequeno

Publicado em 13 Novembro 2017 por RUA

Dia 27 de junho Lisboa vai receber um dos grandes concertos do ano. Marilyn Manson sobe ao palco do Campo Pequeno para apresentar o novo álbum de estúdio “Heaven Upside Down”, o 10.º da carreira da banda, lançado no passado dia 06 de outubro.

O disco que para muitos é uma prova da capacidade de Marilyn Manson de surpreender e continuar a dar voz a fortes polémicas chega dois anos após o bem-sucedido “The Pale Emperor” e foi feito em parceria com o guitarrista Tyler Bates, conhecido pela composição de bandas sonoras de filmes como “Guardians of the Galaxy”, “300” e “John Wick”.

O disco conta com fortes elementos que remetem a álbuns mais antigos como “Portrait of an American Family” e “Holy Wood (In the Shadow of the Valley of Death), tendo, no entanto, novas influências vindas do rap e post-punk.

Os bilhetes serão colocados à venda já esta quarta-feira, dia 15 de novembro.

Comentários (0)

LCD Sound System em dose dupla no Coliseu de Lisboa

Publicado em 13 Novembro 2017 por RUA

A banda de James Murphy traz a Portugal a digressão de apresentação do tão aguardado quarto álbum de estúdio “American Dream”, editado no passado mês de setembro e sucessor de “This is Happening”, lançado em 2011. Os LCD Soundsystem vão subir ao palco do Coliseu de Lisboa em dose dupla, nos dias 19 e 20 de junho. Os bilhetes serão colocados à venda sexta-feira, dia 17 de novembro.

A banda que rapidamente ganhou projeção mundial após o lançamento do disco de estreia homónimo em 2005, que incluía os temas “Daft Punk is Playing in My House”, “Losing My Edge” e “Movement”, é hoje um dos maiores ícones da música eletrónica em todo o mundo. Em 2007 os LCD Soundsystem lançaram o segundo álbum de estúdio, “Sound of Silver”, que rapidamente se tornou um gigante fenómeno junto dos fãs e da imprensa. “All My Friends”, um dos temas do disco, foi considerado pela revista Time uma das 10 melhores músicas do ano.

O terceiro disco da banda, “This is Happening”, editado em 2010, foi o primeiro a entrar no top 10 dos Estados Unidos e foi sucedido por uma massiva digressão mundial completamente esgotada em 2011, que terminou com um concerto no Madison Square Garden, onde anunciaram um interregno na sua carreira. Após cinco anos os LCD Soundsystem surpreenderam os fãs com a notícia do lançamento de um novo longa-duração e agora acabam de confirmar uma digressão que conta com duas noites na mais emblemática sala portuguesa.

Comentários (0)

The Jesus and Mary Chain apresentam “Damage and Joy” em Lisboa e no Porto

Publicado em 10 Novembro 2017 por RUA

The Jesus and Mary Chain, banda Escocesa dos irmãos Reid, vem ao nosso país, nos dias 28 e 29 de Maio em Lisboa e Porto respectivamente, para apresentar o seu mais recente trabalho “Damage and Joy” (2017) e tocar clássicos da sua carreira, onde não faltarão temas dos álbuns “Psychocandy” e “Darklands”, que os catapultaram para a fama.

Os Jesus and Mary Chain foram uma das mais marcantes bandas dos anos 80. Inspirados por colectivos como The Velvet Underground, Beach Boys ou The Who, a banda alcançou um grande sucesso na segunda metade da década de 80 e início dos anos 90 até se separar em 1999. 2007 foi o ano marcado pelo grande regresso do grupo. Com um espetáculo épico em Coachella, contaram com Scarlett Johansson em palco para um dos temas mais conhecidos da banda, “Just Like Honey”, que tinha feito parte da banda sonora de Lost in Translation, de Sofia Coppola, protagonizado pela atriz.

Após 19 anos sem novas edições e depois de terem passado pelos festivais NOS Alive e EDP Vilar de Mouros, chega agora a vez de actuarem em duas das salas mais emblemáticas para espectáculos em Portugal, o Coliseu dos Recreios ,em Lisboa e a Casa da Música, no Porto. Esta é portanto, uma oportunidade rara a não perder, de ver uma banda dos anos 80 muito acarinhada pelo público Português que marcou várias gerações ao longo dos tempos.

Comentários (0)

The National dia 13 de julho no NOS Alive’18

Publicado em 10 Novembro 2017 por RUA

Depois de um concerto esgotado e absolutamente extraordinário no Coliseu de Lisboa, The National acabam de confirmar presença no NOS Alive’18. Uma das mais consagradas bandas do momento para o público e para a imprensa nacional e internacional traz ao Passeio Marítimo de Algés o sétimo disco de originais “Sleep Well Beast”. The National atuam dia 13 de julho, segundo dia do festival, no Palco NOS.

Conhecidos pela sua criação e interpretação musical única, The National contam na bagagem com sete álbuns de estúdio. O novo registo de originais foi produzido pelo compositor, guitarrista e teclista da banda Aaron Dessner, e co-produzido pelo vocalista Matt Berninger e pelo guitarrista Bryce Dessner.

A edição do NOS Alive’17 ficou marcada como a mais bem sucedida de sempre tendo esgotado na totalidade a três meses da abertura de portas, feito único no panorama dos festivais desta dimensão em Portugal.

O NOS Alive’18 está de regresso ao Passeio Marítimo de Algés nos dias 12, 13 e 14 de julho de 2018.

Comentários (0)

 
Destacar permite ouvir enquanto navegas na página. Essencial para quem usa Firefox
Destacar permite ouvir enquanto navegas na página. Essencial para quem usa Firefox
Destacar permite ouvir enquanto navegas na página. Essencial para quem usa Firefox
Destacar permite ouvir enquanto navegas na página. Essencial para quem usa Firefox
Destacar permite ouvir enquanto navegas na página. Essencial para quem usa Firefox
 
Newsletter
  1. Aguardamos os teus comentários e Sugestões