Arquivo | Música

Festival MED 2020 cancelado

Publicado em 07 Abril 2020 por RUA FM

No âmbito das orientações do Plano de Contingência da Câmara Municipal de Loulé de combate ao surto do novo coronavírus no concelho, a edição deste ano do Festival MED foi cancelada.

As medidas de mitigação da Direção-Geral de Saúde que impuseram a necessidade de distanciamento social e confinamento das populações, assim como a declaração do estado de emergência pelo Presidente da República (prorrogada agora até 17 de abril) levaram a Autarquia a ponderar a realização do MED, tendo finalmente decidido cancelar o festival, face à imprevisibilidade do términus desta pandemia.

Com datas marcadas para os dias 25, 26, 27 e 28 junho, na Zona Histórica de Loulé, o 17º Festival MED não irá este ano realizar-se, ficando esta edição agendada para o final de junho do próximo ano.

À semelhança do que está a acontecer com outros festivais de música em Portugal e noutros países, a organização do MED optou pelo cancelamento do evento dada a incerteza quanto à evolução desta pandemia e visto tratar-se de uma data não muito distante, numa altura em que a situação no país e no mundo poderá ainda não estar controlada. Uma vez que o Festival MED conta todos os anos com um cartaz que integra artistas de vários pontos do Globo, a participação de alguns destes protagonistas da área da World Music poderia estar comprometida.

Recorde-se que o Festival MED é um dos principais eventos musicais realizados na região sul do país e constitui um importante elemento dinamizador da economia local.

Comentários fechados em Festival MED 2020 cancelado

Slimmy celebra 20 anos de carreira com vários concertos em casa e conversas com os fãs

Publicado em 01 Abril 2020 por RUA FM

Slimmy celebra 20 anos de carreira e vai dedicar o mês de Abril a vários concertos a partir de casa e conversas sobre temas atuais com os seus seguidores. Em vésperas de ser pai pela primeira vez Paulo Fernandes aka Slimmy oferece 20 anos da sua música a quem está em casa por força das circunstâncias. 

Os diretos começam já no dia 4 de Abril, Sábado, às 18h, com o concerto “Slimmy Uncovered (covers & raridades)” e continuam até ao dia 25 de Abril.

PROGRAMA:

04 Abril – 18h Slimmy uncovered (covers & raridades) –  https://www.facebook.com/slimmy.paulo

08 Abril – 21h Q & A ( chat ) – https://www.instagram.com/slimmy_music/

11 Abril – 21h “Beatsound Loverboy” (full album): www.facebook.com/slimmy.paulowww.youtube.com/Slimmypt

15 Abril – 18h Forum – Como escrever uma música –  https://www.facebook.com/slimmymusic

18 Abril – 21h “I’m not crazy, I’m in Love” (full album) – https://www.instagram.com/slimmy_paulo/ & www.youtube.com/Slimmypt

22 Abril – 18h Forum –  Os músicos e a saúde mental – https://www.instagram.com/slimmy_music/

25 Abril – 21h “Best of Gig” – https://www.facebook.com/slimmy.paulo & www.youtube.com/Slimmypt

A carreira de Slimmy começa em 2007, com o álbum “Beatsound Loverboy”. O músico tornou-se na “next big thing” em Portugal, com singles a serem êxitos na rádio, um tema na banda sonora da série do momento “CSI Miami”, convidado para todos os programas de rádio e televisão.

E foi com o álbum “Beatsound Loverboy” que valeu ainda a Slimmy a nomeação da MTV para o Best Portuguese Act e para os Globos de Ouro.

E o sucesso deste álbum não se ficou por aqui, e em 2007, “Beatsound Loverboy” foi considerado o terceiro melhor álbum nacional desde 1994, numa votação realizada para comemorar os 15 anos da Antena 3 em 2009. Destacaram-se os singles “You Should Never Leave Me (Before I Die)” e “Beatsound Loverboy” (6 semanas em número 1 no top da Antena 3 –  a3-30).

Foi a época áurea de Slimmy, uma dos artistas mais carismáticos e dos últimos anos no nosso país.

Ainda no seguimento do lançamento de “Beatsound Loverboy”, o músico portuense Slimmy percorreu o país com a Sex&Love Tour que, entre 2007 e 2009, registou mais de 150 concertos entre os quais se podem destacar, por exemplo, os espetáculos apresentados em festivais como o Paredes de Coura 2007 (palco secundário) e o Marés Vivas 2008 no palco principal, primeiras partes em concertos de Moby e The Prodigy. 

De 2010 a 2018 Slimmy continuou a trabalhar, lançando alguns álbum e EP’s, desde Be Someone Else em 2010,  Freestyle Heart em 2013, Left in the dust EP em 2016 e Beatsound loverboy remastered + B sides em 2017.

Em 2019 lançou o álbum I’m not crazy, I’m in love, o 4º disco de originais que contém 10 temas em Inglês e 5 em português, com edição da INDEPENDENTrecords. I’m not crazy, I’m in love é uma resposta emotiva e positiva de SLIMMY a uma depressão que o afastou durante alguns anos, cujas marcas deixadas se refletem nas histórias das canções, com destaque para uma aposta forte no português e numa sonoridade mais pop.

Comentários fechados em Slimmy celebra 20 anos de carreira com vários concertos em casa e conversas com os fãs

Bon Iver anuncia nova data para dia 31 de janeiro de 2021 em Lisboa

Publicado em 01 Abril 2020 por RUA FM

Em virtude da atual situação provocada pelo Covid-19, e mediante as recomendações da Direcção Geral de Saúde, o concerto de Bon Iver será adiado para dia 31 de janeiro de 2021.

“It is with great care and empathy to all involved that we announce the rescheduling of our spring tour in Europe and the UK to January 2021.

The entire Bon Iver team has been closely monitoring this unprecedented worldwide health situation, and it is under the guidance of those more knowledgeable than us, that we have determined rescheduling to be the safest path forward for all involved. We hope that this is the best preventative action we can take against the spread of Coronavirus (COVID-19). Stay safe and healthy. We look forward to seeing soon.”

Os bilhetes já adquiridos mantém-se válidos para a nova data. Para quem não adquiriu, os bilhetes já se encontram à venda em everythingisnew.pt.

Mais informações em Inspeção-Geral das Atividades Culturais – IGAC.

Bon Iver, a banda de folk norte-americana, liderada e fundada por Justin Vernon, apresenta o novo álbum “i,i”, dia 31 de janeiro na Altice Arena. A primeira parte deste concerto vai ficar a cargo de Aaron Dessner’s Big 37d03d Machine, o colectivo que surgiu através de uma plataforma digital, composta por um grupo de artistas, liderada por Justin Vernon, de Bon Iver e Aaron Dessner dos The National.

Quando Bon Iver lançou “For Emma, Forever Ago” no início de 2008, apresentou Justin Vernon como um dos compositores mais talentosos da sua geração e revelou um som que era distinto. O seu sucessor, o auto-intitulado “Bon Iver, Bon Iver” trouxe algo mais frenético. Em 2016 com o terceiro álbum “22,A Million”, Vernon voltou a ver algo diferente e este representou um enorme marco, com uma clara mudança estilística, onde as guitarras acústicas são trocadas por teclados e sintetizadores, abandonando toda a essência folk.

Segundo Bon Iver, o quarto álbum da banda “i,i” e estas 13 novas músicas completam um ciclo: desde o inverno de “For Emma, Forever Ago” chegou a primavera frenética de “Bon Iver, Bon Iver” e o verão descontrolado de “22,A Million”. Agora, o outono chega cedo com “i,i”.

Das sessões de gravação deste último trabalho fizeram parte Sean Carey, Andrew Fitzpatrick, Mike Lewis, Matt McCaughan e Justin Vernon, com Rob Moose e Jenn Wasner. O disco conta ainda com contribuições de James Blake, BJ Burton, Brad e Philip Cook, Aaron e Bryce Dessner, Trever Hagen, Zach Hanson, Bruce Hornsby, Channy Leaneagh, Rob Moose, Naeem, Velvet Negroni, Buddy Ross, Marta Salogni, Francis Starlite, Moses Sumney e os membros da TU Dance.

Os três discos editados foram alvo de fortes elogios por parte da crítica especializada e dos fãs, com muitos dos temas a passarem nas principais rádios mundiais, como é o caso de “Skinny Love”, “Holocene” ou “33 ‘God’”. Com apenas três trabalhos de estúdio, Bon Iver já arrecadou dois Grammy nas categorias “Best Alternative Music Album” e “Best New Artist”.

Existe uma magia em cada espectáculo de Bon Iver que não vai querer perder, dia 31 de janeiro, na Altice Arena.

 

Comentários fechados em Bon Iver anuncia nova data para dia 31 de janeiro de 2021 em Lisboa

NOS Primavera Sound com novas datas

Publicado em 30 Março 2020 por RUA FM

Perante o estado de emergência resultado do surto do novo coronavírus – COVID-19 e face às restrições impostas pelas autoridades à celebração de eventos públicos e à livre circulação de pessoas – em muitos casos dificultando a participação dos artistas anunciados -, a organização do NOS Primavera Sound  foi forçada a adiar a próxima edição do NOS Primavera Sound 2020, por motivos de força maior, em plena coordenação com a Câmara Municipal do Porto, que se tem suplantado para apoiar a organização do festival . A  prioridade absoluta foi e será sempre garantir a segurança do público, dos artistas e de todas as pessoas envolvidas no festival.

Por este motivo, e dada a situação excecional em que o país se encontra, o NOS Primavera Sound 2020 vai acontecer de 3 a 5 de Setembro.

A organização sente-se na obrigação e responsabilidade de contribuir o melhor possível para a sobrevivência da indústria dos espetáculos ao vivo, cujo papel será crucial para regressar à normalidade depois desta situação inédita.

A todos, a organização agradece o esforço e a dedicação. Da  parte da mesma, e com o imprescindível apoio da NOS, Pull & Bear, Super Bock, Via Verde e todos os patrocinadores do festival, unirão os seus melhores recursos para que esta mudança imposta pela crise de emergência médica afete o mínimo possível a programação do festival. 

Os bilhetes adquiridos para o NOS Primavera Sound 2020 são válidos para as referidas datas. Quando for ultrapassado o estado de emergência e todas as suas prorrogações a organização do festival vai partilhar mais informações e retomar a venda de bilhetes.

“Vamos enfrentar isto juntos. E vamos superar isto juntos! Esperamos por vocês no Parque da Cidade para juntos celebrarmos mais uma edição do NOS Primavera Sound.  

Primavera no verão, por uma vez na vida”

Comentários fechados em NOS Primavera Sound com novas datas

Dela Marmy edita a 27 de Março o EP “Captured Fantasy” e apresenta-o numa Listening Party em directo no Instagram

Publicado em 27 Março 2020 por RUA FM

Dela Marmy, projecto em nome próprio de Joana Sequeira Duarte (ex- The Happy Mess), edita a 27 de Março o EP Captured Fantasy pela KPRecords*KillPerfection, que estará disponível nas diversas plataformas digitais.

A artista apresenta o EP ao público numa listening party em directo a partir da conta de Instagram (@delamarmy), no dia do lançamento, 27 de Março, às 22h00. Um momento informal e descontraído, com testemunhos, convidados, confidências e o que mais apetecer mas, sobretudo, um acto de resistência e proximidade em que a audiência é convidada a interagir.

“CAPTURED FANTASY concerto na rede”, a acontecer em Abril, será anunciado em breve nas redes sociais de Dela Marmy. Entretanto têm sido publicados alguns vídeos soltos com dança e música no Instagram e Facebook – “é importante mantermo-nos activos, preparados, sensitivos, próximos e receptivos, de uns para os outros.”

A produção do segundo EP de Dela Marmy é de Charlie Francis, versátil e experiente músico/produtor inglês, que, ao longo dos seus 30 anos de carreira, tem trabalhado com bandas e artistas internacionais, entre os quais Manic Street Preachers, R.E.M., Kaiser Chiefs, The High Llamas, Toyah, Robyn Hitchock. Fruto desta colaboração, Joana percebe que tem em mãos um álbum de maior maturidade e consistência, ainda assim, sem prescindir da ingenuidade intrínseca às suas composições.

Captured Fantasy é composto por cinco temas. Cada um deles é uma pequena viagem que nos pede tempo, por não serem óbvios. É um disco atento aos detalhes, às pequenas coisas, às pequenas histórias. Atento às margens, ao marginal. Que apetece fazer voar e fazer pensar. Intimista e universal, sim, um paradoxo.

Neste novo trabalho Joana convidou a escritora e poetisa Raquel Serejo Martins para a letra de “Flying Fishes” – tema de abertura do EP – e o lyricist galês TYTUN para participação no introspectivo “Take Me Back Home”. Os músicos que a acompanharam em estúdio são Vasco Magalhães (bateria), Tiago Brito, Steven Goundrey (guitarras) e o próprio Francis (baixo).

 

O teledisco de “Not Real”, single de antecipação revelado em Fevereiro, foi realizado pela Casota Collective (elementos dos First Breath After Coma). O colectivo leiriense reflecte sobre a certeza que se tem do que é real, abordando também a percepção dos outros em relação a cada realidade individual. Viver numa fantasia/realidade que não é reconhecida, passar e pisar o limite dos padrões sociais, estender e contornar as fronteiras do real, inventar, sugerir e arquitectar horizontes mais amplos à vida, inevitalmente finita.

Todas as imagens promocionais, incluindo as capas do EP e single, são concebidas em colaboração com os artistas JAS, Alípio Padilha e Filipa Areias – pintura, fotografia e design, respectivamente.

O mais recente EP de Dela Marmy devolve-nos as sensações etéreas, melódicas e esbatidas do anterior trabalho – características que frequentemente associamos ao Dream Pop – ao mesmo tempo que torna proeminente uma outra forma de linguagem, depurada e obscura.

 

Comentários fechados em Dela Marmy edita a 27 de Março o EP “Captured Fantasy” e apresenta-o numa Listening Party em directo no Instagram

#Homestage Festival começa esta sexta-feira 27 de março

Publicado em 27 Março 2020 por RUA FM

O #homestagefestival surge como um movimento de artistas e profissionais do espectáculo a nível internacional, que junta já mais de 60 artistas, 6 países e 11 nacionalidades, dos quais se destacam o actor Pedro Diogo, Luiz Caracol, Sebastião Antunes, Najla Shami, Barry White Gone Wrong, Carlos Alberto Moniz, Rua Direita, Manuel Freire, Francisco Naia e Casuar, Grutera, Maria Vanedi ou  Valeria Carvalho, e que a partir do Facebook irão partilhar actuações, com a duração máxima de 30 minutos, a partir das suas casas.

As actuações serão transmitidas em directo na página de Facebook de cada artista e em @homestagefestival no Facebook.

A iniciativa tem como objectivos a sensibilização para a necessidade de ficar em casa e seguir as directivas da OMS e das autoridades de saúde de cada país, neste momento crítico e desafiante a uma escala global.
Tem ainda como propósito, a consciencialização geral acerca da situação precária vivida pelos artistas e restantes profissionais do espectáculo no contexto actual que se vive por todo o globo. A produção e o acesso à cultura são ainda mais essenciais nestes tempos desafiantes. Também por esse motivo , serão incentivados os donativos voluntários e directos a cada artista através de MBWay, PayPal ou IBAN.

 

#HOMESTAGE festival

artists live on Facebook

 

Programa

:: 27 Março, Sexta-feira

16:00 – Bruno Pato

16:30 (16:30 UK)- Graeme Pulleyn

17:00 (14:00 ARG)- Daniel Schvetz

17:30 – Joana Figueira

18:00 – Monáxi

18:30 – Grutera

19:00 (20:00 Galiza) – Najla Shami

20:00 – Miguel Calhaz

20:30 – Pedro Diogo

21:00 – Casuar

21:30 – Carlos Clara Gomes

22:00 – Luiz Caracol

22:30 – Sebastião Antunes

 

:: 28 Março, Sábado

17:00 – Sax On The Road

17:30 – Carlos Alberto Moniz

18:00 – André Sarbib

18:30 – Nuno Pereira

19:00 – Rua Direita

19:30 – Rapaz Improvisado

20:00 – Sónia Sobral

20:30 – Luís Firmino

21:00 – Artur Fernandes & Bitocas Fernandes

21:30 (18:30 Brasil) – Cláudia Fonseca

22:00 – Tanira

22:30 – Luís Travassos

 

29 Março, Domingo

17:00 (14:00 Brasil) – Edimundo Santos

17:30 – Shakas LoFi Experience

18:00 – Carlos Peninha

18:30 – Manuel Freire

19:00 – DD Peartree

19:30 (20:30 Itália) – Davide Zaccaria & Maria Anadon

20:00 – Francisco Naia

20:30 (23:30 Bulgária) – Silvia Mitev & Tiago Santos

21:00 (18:00 Brasil) – Fernando Terra

21:30 (18:30 Argentina) – Walter Hidalgo

22:00 (19:00 Brasil) – Bia Villa-Chan

22:30 – André Varandas

 

:: 30 Março, Segunda-feira

15:00 (16:00 Angola) – Lúcio Vieira

15:30 – Rita Laranjeira

16:00 – Berlau

16:30 – João Paulo Oliveira

17:00 – Genoveva Faísca

17:30 – Ana Bento & Bruno Pinto – Aurora Brava

18:00 (19:00 Angola) – Firmino Pascoal

18:30 – Recanto

19:00 – Little Orange

19:30 – Christina Quest

20:00 (20:00 UK) – Luca Fiore

20:30 – Tren Go! Soundsystem

21.00 (17:00 Canadá) – Sarah Linhares

21:30 (22:30 Bélgica) – Barry White Gone Wrong

22:00 – St. James Park

 

 

:: 31 Março, Terça-feira

16:00 (11:00 Colômbia) – Maria Vanedi

16:30 (17:30 Galiza) – Xico de Carinho

17:00 – Caio

17:30 – Fast Eddie Nelson

18:00 (19:00 Angola) – Beto Kalulu

18:30 (19:30 Angola) – Jorge Rosa

19:00 – Gonçalo Filipe de Sousa

19:30 (16:30 Brasil) – Adolar Marin

20:00 (17:00 Brasil) – Chico Lobo

20:30 (17:30 Brasil) – Érika Machado

21:00 (18:00 Brasil) – Valéria Carvalho

21:30 – Flávio Torres

22:00 (19:00 Brasil) – Sandro Lins

22:30 – Plusbeatz

 

 

:: 1 de Abril, Quarta-feira

16:00 – UHAI

16:30 – Ricardo Fonseca

17:00 (14:00 Brasil) – Andrea Ernest Diaz

17:30 (16:30 Cabo Verde) – Lisa Reis

18:00 – Robert Mott

18:30 – Electric Man

19:00 – Fátima Vale

19:30 – Madalena Palmeirim

20:00 (17:00 Brasil) – Carolina Floare

20:30 – Manuel Linhares

21:00 (18:00 Brasil) – Jomar Schrank

21:30 (20:30 Cabo Verde) – Solange Cesarovna

22:00 – Jorge Rivotti

22:30 – Ivy

Comentários fechados em #Homestage Festival começa esta sexta-feira 27 de março

Freguesia de Stª Bárbara de Nexe convida Mauro Amaral para concerto ao vivo online

Publicado em 26 Março 2020 por RUA FM

Numa iniciativa pioneira a Junta de Freguesia de Santa Bárbara de Nexe, convidou o músico Mauro Amaral a atuar ao vivo online, esta sexta feira, às 18h, a partir da sua casa em Bordeira.

Este que é o primeiro de dois concertos do músico farense, faz parte dum ciclo que vai convidar outros músicos naturais ou residentes na freguesia para atuações on line.

O link para transmissão em directo no facebook será partilhado brevemente no evento, 

nas redes sociais do músico e da Junta de Freguesia de Santa Bárbara de Nexe.

https://www.facebook.com/freguesia.nexe

https://www.facebook.com/1MauroAmaral

https://www.facebook.com/events/546720672628736/

Comentários fechados em Freguesia de Stª Bárbara de Nexe convida Mauro Amaral para concerto ao vivo online

@FestivalEuFicoEmCasa com audiência de mais de 2 milhões de pessoas

Publicado em 25 Março 2020 por RUA FM

Mais de 2 milhões e 300 mil pessoas estiveram agarradas aos seus dispositivos móveis para ver os seus artistas nacionais preferidos atuarem, a partir das suas casas, através das suas contas de Instagram. Muitas delas assistiram a vários concertos durante os 6 dias de festival, cujo alinhamento englobou artistas de vários quadrantes da Música Portuguesa.

Terminado no passado domingo, o @FestivalEuFicoEmCasa pôs em marcha uma iniciativa que uniu artistas, editoras e agências, num movimento cultural inédito em Portugal, apoiado pelos meios de comunicação, influencers e toda a comunidade digital.

O seu principal objetivo foi cumprido: o de sensibilizar a população para a necessidade de ficar em casa. Numa altura crítica para Portugal e para o Mundo, é urgente que todos entendamos que só cumprindo as orientações da OMS e DGS poderemos sair deste cenário com a maior rapidez possível, protegendo também, desta forma, todos os inúmeros profissionais que são imprescindíveis para o combate ao Covid-19 e continuidade do funcionamento do País, como médicos, enfermeiros, farmacêuticos, trabalhadores de supermercados, polícias, bombeiros e tantos outros.

Mas a iniciativa teve também como objetivo tornar visível a problemática com que o sector cultural se depara, chamando a atenção da população, dos media e consequentemente dos decisores políticos para a necessidade de olharem para as especificidades próprias desta área, numa altura em que o cancelamento e adiamento de inúmeros concertos e espetáculos em todo o País resultou numa quebra de 100% na faturação de grande parte dos intervenientes do sector, deixando artistas, músicos, técnicos, agências e várias empresas numa situação económica muito delicada.

A comunidade artística está ciente de que, só com a responsabilidade de toda a população o sector poderá voltar à normalidade o mais breve possível, reduzindo dessa forma o impacto económico na sua atividade.

Por tudo isto, obrigada a todos os que organizaram, participaram, divulgaram e assistiram ajudando a alcançar estes resultados históricos num momento único na vida de todos nós.

Comentários fechados em @FestivalEuFicoEmCasa com audiência de mais de 2 milhões de pessoas

Slimmy celebra o 10º aniversário do álbum “Be Someone Else” com um concerto em casa a 27 março no Instagram

Publicado em 25 Março 2020 por RUA FM

Slimmy aka Paulo Fernandes celebra o 10º aniversário do seu álbum “Be Someone Else” com um concerto a partir de casa, no próximo dia 27 de Março, às 21h, no seu Instagram: https://www.instagram.com/slimmy_music/

O álbum lançado em 2010 ficou marcado pelos singles “Be Someone Else”, “The Games you Play” – apresentado no Elite Model Look of the Year – e “In This Town”, esta última integrada novamente na série Morangos com Açúcar, e com airplay na rádio Comercial (participação no programa “O Primo”).

Slimmy que comemora este ano 20 anos de carreira, foi um dos primeiros artistas a oferecer a sua música através de atuações a partir de casa, com o Movimento “Stay at Home With / Fica em Casa com”, uma iniciativa da artista Lika.

O Movimento começou como um apelo à quarentena voluntária e com o objetivo de fazer companhia a todos aqueles que estão em isolamento. É também uma iniciativa que pretende manter o apoio aos músicos nestas circunstâncias difíceis mas que transmite uma mensagem de esperança.

Com uma carreira já reconhecida na música nacional, destaca-se a passagem de Slimmy por Londres, pelas mãos de Saul Davies, guitarrista dos JAMES, que foi manager e co-produtor do disco de estreia de Slimmy. Slimmy viu assim o tema “Bloodshot Star” entrar num dos episódios da mundialmente conhecida série americana “CSI: Miami” e a música “Self Control” nos resumos desportivos do canal televisivo britânico Sky Sports.

O reconhecimento chegou com o álbum de estreia: “Beatsound Loverboy” em 2007, considerado o terceiro melhor álbum nacional desde 1994, numa votação realizada para comemorar os 15 anos da Antena 3 em 2009. Destacaram-se os singles “You Should Never Leave Me (Before I Die)” e “Beatsound Loverboy” (6 semanas em número 1 no top da Antena 3 –  a3-30).

O álbum “Beatsound Loverboy” valeu ainda a Slimmy a nomeação da MTV para o Best Portuguese Act e para os Globos de Ouro.

Em 2019 lançou o mais recente álbum “I’m Not Crazy, I’m In Love”.

Comentários fechados em Slimmy celebra o 10º aniversário do álbum “Be Someone Else” com um concerto em casa a 27 março no Instagram

Capitão Fausto lançam documentário ‘Pontas Soltas’ no YouTube com estreia a 23 de março

Publicado em 23 Março 2020 por RUA FM

Os Capitão Fausto estreiam hoje, 23 de Março, o documentário “Pontas Soltas” no canal de YouTube da banda. O filme é de Ricardo Oliveira com Capitão Fausto e já pode ser visualizado aqui.

“Pontas Soltas” estreou mundialmente na sala de cinema do Porto’Post/Doc’, em 2016, fazendo posteriormente o circuito por vários festivais de cinema. Hoje, os Capitão Fausto disponibilizm o documentário online, algo muito aguardado pelos seguidores do colectivo lisboeta.

 

“Pontas Soltas”

Um documentário com os Capitão Fausto. 2016.

Festivais:

Porto/Post/Doc 2016: Estreia Mundial

MUVI 2016: Vencedor do Prémio do Júri e Prémio do Público na categoria de curta-metragem nacional

Festival Filmes Sobre Arte 2017: Menção Honrosa

Cinalfama Março 2017. Nomeação Melhor Filme

Festival de Cinema de Avanca 2017.

Karelian International Film For Youth Festival 2017: Vencedor Melhor Documentário

Screenings:

Shortcutz Lisboa. Sessão #266. Curta convidada

Curtas Vila do Conde 2017: Filme-concerto

No passado dia 7 de Março, o grupo actuou no Campo Pequeno com a Orquestra Filarmónica das Beiras, num concerto memorável.

A data especial sucedeu a 11 concertos em teatros e com a formação tradicional da banda, durante os meses de Janeiro e Fevereiro.

O ambicioso formato que os Capitão Fausto levaram ao Campo Pequeno marcou também a passagem de um ano sobre a edição do seu quarto registo de originais,  “A Invenção do Dia Claro”, que consta das principais listas dos melhores álbuns nacionais para a imprensa especializada. Em 2019, o reconhecimento traduziu-se igualmente na atribuição do Globo de Ouro na categoria de Melhor Intérprete, nos mais de 50 concertos de norte a sul do país, com passagem pelo Rock In Rio Brasil, e na celebração dos seus 10 anos de existência.

Quatro álbuns depois, a carismática personalidade musical de Tomás, Salvador, Francisco, Manuel e Domingos juntou-se à Orquestra Filarmónica das Beiras, composta por 48 músicos de cordas, sopros e percussão – de diversas nacionalidades e com uma média etária bastante jovem -, cuja direcção artística e arranjos foram da responsabilidade do Maestro Martim Sousa Tavares e da banda.

Capitão Fausto: Tomás Wallenstein, Salvador Seabra, Manuel Palha, Francisco Ferreira e Domingos Coimbra.

Comentários fechados em Capitão Fausto lançam documentário ‘Pontas Soltas’ no YouTube com estreia a 23 de março

 
Destacar permite ouvir enquanto navegas na página. Essencial para quem usa Firefox
Destacar permite ouvir enquanto navegas na página. Essencial para quem usa Firefox
Destacar permite ouvir enquanto navegas na página. Essencial para quem usa Firefox
Destacar permite ouvir enquanto navegas na página. Essencial para quem usa Firefox
Destacar permite ouvir enquanto navegas na página. Essencial para quem usa Firefox
 
Newsletter
  1. Aguardamos os teus comentários e Sugestões