Arquivo | Cultura

Loulé recebe sessão de esclarecimemto sobre programa “Europa Criativa”

Publicado em 11 Janeiro 2019 por RUA

O Centro de Informação Europa Criativa em Portugal (CIEC) e a Câmara Municipal de Loulé realizam no próximo dia 16 de janeiro, pelas 10h00, no Auditório do Convento do Espírito Santo, em Loulé, uma sessão de informação relativa ao Programa “Europa Criativa” da União Europeia.

Com uma dotação orçamental de 1500M€ para o período de 2014 – 2020, o “Europa Criativa” é o único programa da União Europeia exclusivamente destinado a apoiar os sectores cultural e criativo. Esta será a terceira sessão de informação que decorrerá na região do Algarve, depois de 2014 e 2017.

A sessão, destinada a todos os profissionais destas áreas, decorrerá no modelo de “Open day”, designação utilizada pelo CIEC para este tipo de sessões, que consiste na apresentação do Programa “Europa Criativa” e seus Subprogramas Cultura e MEDIA na parte da manhã, seguindo-se reuniões individuais com potenciais interessados, a decorrer no período da tarde (as marcações são efetuadas no local a pós a sessão de informação.)

A comunicação durante a manhã irá incidir na apresentação das linhas de financiamento dos Subprogramas MEDIA e CULTURA. Pretende-se dotar os agentes culturais de informação que os permita identificar, num primeiro momento, de forma eficaz, quais as possibilidades de enquadramento dos seus projetos, bem com as possibilidades de preparação de projetos futuros. Será efetuado um breve enquadramento do Programa “Europa Criativa”, seus principais objetivos e prioridades, seguido da apresentação das linhas de financiamento dos subprogramas MEDIA e CULTURA, incidindo nos critérios de elegibilidade e de avaliação. Serão ainda identificadas boas práticas na elaboração da candidatura, recorrendo quer a exemplos de sucesso, quer aos principais problemas apontados pelos peritos nos relatórios de avaliação de candidaturas submetidas em calls anteriores.

O Centro de Informação Europa Criativa tem como função principal a difusão da informação sobre o Programa “Europa Criativa” junto dos profissionais dos sectores cultural e criativo, a promoção e divulgação do acesso ao mesmo e a prestação de apoio a candidatos ou outros interessados nas atividades do Programa.

A participação é gratuita mas sujeita a inscrição através do email geral@europacriativa.euu

Comentários fechados em Loulé recebe sessão de esclarecimemto sobre programa “Europa Criativa”

Orblua lança DVD inspirado em “Movimentos Cinéticos”

Publicado em 10 Janeiro 2019 por RUA

A banda algarvia OrBlua lança este sábado um novo trabalho em formato DVD. “Movimentos Cinéticos” é a transposição do álbum Retratos Cinéticos para a sétima arte.

Onze realizadores foram convidados para criarem um teledisco para cada um dos temas do álbum. João Marco, Carsonn Trool, Carlos Fraga, Nuno Fernandes, Rui António, Eduardo Pinto, Daniel Almeida, Carlos Norton, Vico Ughetto & Filipe Correia, Tiago Pereira & Aurelija Simonyte e Nuno Murta deram movimento às músicas do álbum editado em 2015, eleito por vários meios de comunicação como um dos melhores álbuns nacionais de world music (Blitz, Crónicas da Terra, A Trompa).

O DVD tem como extras os telediscos de todos os restantes temas gravados em estúdio pela banda, incluindo o EP Trihologia Noctiluca, os temas das compilações Sul Azul e Terra e o tema Caixinhas gravado para a Antena 1 e nunca editado em CD.

Movimentos Cinéticos tem assim a discografia completa de OrBlua transformada em teledisco.

O lançamento está marcado para as 22h00 de sábado, 12 de Janeiro, no bar da ARCM em Faro. Será projectado o DVD com a presença da banda e dos realizadores. Entrada livre.

Movimentos Cinéticos é uma edição Fungo Azul com o apoio da Direção Regional de Cultura do Algarve.

Comentários fechados em Orblua lança DVD inspirado em “Movimentos Cinéticos”

Festa das Chouriças em Querença honra São Luís com certame gastronómico

Publicado em 09 Janeiro 2019 por RUA

No próximo dia 20 de janeiro, a típica aldeia de Querença, no interior do Concelho de Loulé, volta a ser palco da tradicional Festa das Chouriças, em Honra de S. Luís, certame que reúne uma componente religiosa e outra gastronómica.

A Festa terá início no dia 19 de janeiro, sábado, com uma grandiosa Noite de Fados, que decorrerá na Casa do Povo de Querença, a partir das 21h00. Os fadistas Pedro Viola, Teresa Viola e Filipa Nobre acompanhados à viola por Valentim Filipe e na guitarra por Tó Correia, serão os protagonistas da noite.

Já no domingo, dia 20, a partir das 11h00 e durante a tarde, o visitante poderá degustar a chouriça assada nos vários estabelecimentos de Querença, alguns localizados no Largo da Igreja.

A celebração religiosa terá início às 14h30, com a Missa na Igreja de Nossa Senhora da Assunção, presidida pelo Padre Carlos Matos, a qual se seguirá a Procissão Solene com a imagem de S Luís.

Pelas 16h00, terá início o habitual e sempre animado leilão de chouriças, onde o público em geral poderá participar e adquirir a rainha da festa – a chouriça.

Pelas 17h00, os participantes serão brindados com a atuação do Grupo de Cantares Alentejanos de Mértola. A partir das 19h00, o acordeonista Paulo das Vacas vai animar o baile no Salão de Festas da Casa do Povo de Querença.

Durante o evento haverá animação para as crianças com a Palhaça Pirolita.

Das 10h00 às 18h00, é possível visitar o Mercadinho onde está patente uma exposição e venda de artesanato e produtos locais, representativos da região.

Esta que é uma das mais emblemáticas festas gastronómicas da região é uma iniciativa promovida pela Comissão de Festas da Paróquia, com o apoio da União de Freguesias de Querença, Tôr e Benafim, da Câmara Municipal de Loulé e da Casa do Povo de Querença.

Comentários fechados em Festa das Chouriças em Querença honra São Luís com certame gastronómico

Espírito dos Reis invade Igreja da Sé

Publicado em 04 Janeiro 2019 por RUA

No próximo dia 6 de janeiro, domingo, o Município de Faro celebra a entrada no novo ano e a chegada do Dia de Reis, com um concerto interpretado pelo Coral Feminino Outras Vozes e pelo Cancioneiro do Grupo Folclórico de Faro.

O espetáculo, com entrada livre, terá lugar na imponente Igreja da Sé, pelas 21h30, e vai proporcionar aos seus visitantes um momento musical único, que fecha as atividades da quadra natalícia.

O tradicional “Concerto de Reis” tem início com a atuação do Grupo Coral Feminino Outras Vozes, grupo sedeado em Faro e criado em finais de 1999. Ao fim de quase 20 anos de existência, o grupo prepara-se para lançar o seu primeiro registo discográfico. Ana Côrte-Real, Carla Lúcio, Cláudia Cabanita, Elsa Gonçalves, Isabel Trindade, Joana Cunha, Marisa Mendes, Patrícia Neto Martins e Vera Rocha são as máquinas desta fábrica de sons, criada no feminino e orgulhosamente coordenada pelo diretor coral Paulo Cunha. Neste concerto, oito mulheres cantam, à cappella, canções alusivas à época natalícia.

 

Segue-se a a atuação do Cancioneiro do Grupo Folclórico de Faro, projeto formado em 2000 para dar voz a temas tradicionais do Algarve que, por não se dançarem, não constam do repertório dos grupos folclóricos. Aliam-se, assim, aos corridinhos e bailes de roda já tocados e dançados pelo grupo, os cantares de trabalho do campo e da pesca, os romances, os cantares de Natal, de Janeiras e Reis. O Cancioneiro participa em encontros de cantares tradicionais por todo o país e no estrangeiro e é atualmente constituído por cerca de 25 elementos, que se apresentam trajados de acordo com os usos e costumes do Algarve no final do Século XIX e início do Século XX.

Comentários fechados em Espírito dos Reis invade Igreja da Sé

Monstrare – Mostra Internacional de cinema social volta a debater problemas atuais

Publicado em 03 Janeiro 2019 por RUA

De 16 a 20 janeiro, Loulé recebe mais uma edição da MONSTRARE – Mostra Internacional de Cinema Social, evento que alia à sétima arte o debate sobre as temáticas e problemáticas sociais.

Neste quinta mostra, o evento decorre entre o Claustro do Convento do Espírito Santo e o Cine-Teatro Louletano, com a projeção de curtas e longas metragens e momentos de debate com o público, em torno dos temas apresentados. Este ano, uma das novidades será a realização de um workshop.

Assim, no dia de arranque, 16 de janeiro, quarta-feira, pelas 21h00, o Auditório do Convento será o palco principal deste Short Films Day. A abrir, será exibido “Ao telefone com Deus”, de Vera Casaca, seguindo-se a seleção Shortcutz Week com a apresentação de quatro curtas realizadas por alunos das escolas secundárias de Loulé e Faro: “Cheira-me a Espírito Jovem”, “Identidade Completa”, “A Mar” e “Horas Extra”.

No dia 17, quinta-feira, pelas 21h00, o Cine-Teatro Louletano recebe “As Horas de Luz”, de António Borges Correia, seguindo-se um debate sobre os temas abordados. O filme retrata os problemas do envelhecimento e da doença. Maria da Luz (Paula Só) espera por uma operação às cataratas, que quase lhe tiraram a visão. Mas a sua dependência despertará nos vizinhos, e na filha distante, uma oportunidade de reatar laços perdidos.  A cidade de Vila Real de Santo António é filmada com uma beleza que nos convida a visitá-la, desde a praia, às casas tradicionais, até às ruínas de uma antiga fábrica.

A partir das 21h00 do dia 18, sexta-feira, decorrerá o Doc Day, com a exibição de dois documentários: “Andar em frente”, de Helena Inverno e Verónica Castro, e “Fracking  the Contract”, de Sophie Rousmaniere (uma coprodução luso-americana).

Realizado inteiramente no Baixo Alentejo, “Andar em Frente” é um documentário que nos revela que o cancro da mama é, muitas vezes, um começo de vida. Mulheres, maridos e filhos rompem o silêncio para contarem de forma íntima, comovente e corajosa a sua experiência, de propriedade ou proximidade, com o cancro da mama. Residentes em Almodôvar, Beja, Castro Verde, Casével, Ferreira do Alentejo, Mértola e Mina de São Domingos, quebraram corajosamente o silêncio e demonstraram, com as suas realidades íntimas, que o cancro da mama não é só uma questão que afeta o corpo feminino mas sim uma luta partilhada que envolve a mulher, a família e a sua comunidade.

“Fracking the Contract” aborda o tema da exploração de gás e petróleo na costa portuguesa, nomeadamente no Algarve. Pescadores, autarcas, proprietários, empresários do turismo e comunidade em geral uniram-se pela primeira vez para lutar contra esta ameaça. A película mostra a beleza e as tradições culturais da região, através dos olhos de Cláudia Caldeira, uma residente local que nos leva numa viagem de descoberta.

Após cada um dos documentários, será realizado um debate com o público em geral sobre as temáticas abordadas.

Na reta final da MONSTRARE, a 19 de janeiro, pelas 21h00, Ken Loach traz-nos “Eu, Daniel Blake” (Reino Unido/França/Bélgica, Palma de Ouro na edição de 2016 do Festival de Cinema de Cannes. Diagnosticado com um grave problema de coração, Daniel Blake, um viúvo de 59 anos, tem indicação médica para deixar de trabalhar. Mas quando tenta receber os benefícios do Estado que lhe concedam uma forma de subsistência, vê-se enredado numa burocracia injusta e constrangedora. Apesar do esforço em encontrar um modo de provar a sua incapacidade, parece que ninguém está interessado em admiti-la. Durante uma espera numa repartição da Segurança Social conhece Katie, uma mãe solteira de duas crianças a precisar de ajuda urgente, que se mudou recentemente para Newcastle (Inglaterra). Daniel e Katie, dois estranhos cujas voltas da vida os deixaram sem forma de sustento, vêem-se assim obrigados a aceitar ajuda do banco alimentar. E é no meio do desespero que se tornam a única esperança um do outro…

Nos dias 19 e 20 de janeiro, decorre na Sala 14 do Claustro do Convento um Workshop de Guionismo coordenado pela jovem realizadora e argumentista algarvia Vera Casaca. A entrada é livre e o horário é o seguinte: 10h00 às 13h00 e das 14h00 às 19h00.

MONSTRARE, palavra latina que significa tornar algo visível, ou denunciar, dá novamente o mote para aquele que é o primeiro evento em Portugal dedicado exclusivamente ao cinema sobre temáticas sociais.

A entrada é livre em todo o evento.

Comentários fechados em Monstrare – Mostra Internacional de cinema social volta a debater problemas atuais

“Saison de Cirque” celebra o final do ano em Monchique

Publicado em 18 Dezembro 2018 por RUA

No final do ano, o Heliporto de Monchique volta a ser arena para uma inesquecível e calorosa celebração. É no interior de uma grande tenda de circo com chão de terra batida, palco de espectaculares números acrobáticos – de barra russa, equilíbrio mão-a-mão e com cavalos – pautado por uma banda sonora original contagiante, doses generosas de humor e palmas de todas as idades. Espectáculo de circo “híbrido”, onde distintas linguagens e universos circenses se intersectam, numa atmosfera ligeiramente burlesca, viva e inebriante.

Neste terceiro ciclo de actividade, LAVRAR O MAR, projecto de programação cultural em época baixa nos territórios de Aljezur e Monchique, inserido no Programa 365 Algarve e apoiado pelo Cresc Algarve – Portugal 2020, Direcção Geral das Artes e Municípios de Aljezur e Monchique, traz ao alto da serra um novo espectáculo de novo circo para toda a família: “Saison de Cirque”.

Cirque Aïtal é o projecto de um casal unido na vida e na arte: Victor Cathala, francês e Kati Pikkarainen, finlandesa que, nesta nova co-criação itinerante para chapiteaux, absorveu e integrou diversos colegas de profissão: o colectivo de acrobatas siberianos de barra russa “Kanakov”, o acrobata equestre Ludovic Baladin e dois cavalos que tomam o seu tempo para possuir a pista, o malabarista sueco-finlandês Matias Salmenaho e o quarteto de músicos “Streetswing Orchestra”.

Espectáculo virtuoso, imbuído simultaneamente do espírito do circo tradicional e de um imaginário, humor e dramaturgia contemporâneos, onde somos conduzidos aos bastidores e ao lado habitualmente velado do trabalho destes artistas em tournée. Também nos levam em viagem consigo, provocando um novo olhar e convidando a entrar nas emoções e intimidade desta vida dedicada ao circo e todas as suas estações.

Para ver nos dias 28, 29, 30, 31 de Dezembro pelas 21h e 1 de Janeiro pelas 17h com duração aproximada de 1h20 (na noite da passagem de ano, o magnetismo vibrante e mágico desta família Aïtal alargada estende-se até após a meia-noite, em conjunto com outras surpresas serranas) .

Uma declaração de amor ao circo para celebrar o final do ano em Monchique, “Saison de Cirque”.

Comentários fechados em “Saison de Cirque” celebra o final do ano em Monchique

Monumentos afetos à Direção Regional de Cultura do Algarve aproximam-se do meio milhão de visitantes no final de 2018

Publicado em 18 Dezembro 2018 por RUA

O conjunto dos monumentos afetos à Direção Regional de Cultura do Algarve, com estruturas de acolhimento – Fortaleza de Sagres, Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe, Monumentos Megalíticos de Alcalar e Ruínas Romanas de Milreu – apresentam o maior número de visitantes desde que existem registos, aproximando-se, no seu conjunto, às 500.000 visitas no final 2018.

Até novembro deste ano, de 427.972 visitantes do ano anterior passou para 473.340, correspondendo a um aumento global de 10,60%.

A afluência de visitantes nos diferentes monumentos não é simétrica, quando comparada com o ano anterior. Em alguns imóveis a tendência verificada foi de ligeira redução em relação aos valores do ano passado, mas mais uma vez foi na Fortaleza de Sagres que se verificou o crescimento mais expressivo, contribuindo para os valores globais alcançados.

A nível global, e à semelhança dos anos anteriores, são os estrangeiros quem mais afluem, numa percentagem 85,36% contra 14,64% de nacionais. Esta tendência foi contrariada nos Monumentos Megalíticos de Alcalar em que o número de nacionais foi mais equilibrado face aos estrangeiros, representando 45,46% das entradas.

Estes imóveis têm vindo a ser dinamizados através do programa DiVaM, com várias atividades de caráter multidisciplinar, que têm permitido aos visitantes e comunidades locais a fruição desses espaços com incremento de oferta cultural.

Além das ações regulares ou pontuais, estão em curso intervenções de manutenção e valorização com recurso a candidaturas a fundos comunitários e nacionais, nomeadamente ao Programa Operacional CRESC ALGARVE 2020, no caso da Fortaleza de Sagres, Monumentos Megalíticos de Alcalar e Ruínas Romanas de Milreu. Existem também duas candidaturas à Linha de Apoio Turismo Acessível do Valorizar – Programa de Apoio à Valorização e Qualificação do Destino, do Turismo de Portugal, para melhorar as acessibilidades na Fortaleza de Sagres e na Ermida de Nossa Senhora de Guadalupe, sendo que, no primeiro caso, a candidatura já se encontra aprovada.

O trabalho efetuado nestes monumentos ao longo dos anos tem sido reconhecido, nomeadamente a Fortaleza de Sagres com a atribuição da Marca Património Europeu em 2015 e mais recentemente o título honorífico de “Lugar Internacional de Cultura e Paz” atribuído pelo Observatório Internacional de Direitos Humanos.

A Direção Regional de Cultura do Algarve continuará o seu trabalho para a preservação e fruição de todos os monumentos que lhe estão afetos, como forma de promover a identidade da Região e do País.

Comentários fechados em Monumentos afetos à Direção Regional de Cultura do Algarve aproximam-se do meio milhão de visitantes no final de 2018

3ª edição do Festival do Contrabando regressa a Alcoutim nos dias 29 a 31 de março de 2019

Publicado em 22 Novembro 2018 por RUA

De 29 a 31 de março realiza-se a terceira edição do Festival do Contrabando em Alcoutim (Portugal) e Sanlúcar de Guadiana (Espanha) oferecendo a todos os visitantes dias repletos de animação, história, artes e cultura, serão muitas as atividades disponíveis nestes dias.

O Festival do Contrabando – Tráfico de Artes no Guadiana é um evento internacional de âmbito cultural inserido numa estratégia de desenvolvimento turístico para o território, que se realiza nas vilas de Alcoutim e de Sanlúcar de Guadiana, organizado pelos respetivos municípios, com o apoio do Governo de Portugal, Turismo de Portugal, Região de Turismo do Algarve e 365 Algarve, Consejeria de Presidencia de Junta de Andalucia, Diputación de Huelva, Patronato Provincial de Turismo de Huelva, Mancomunidad de Beturia e Fundación Cajasol.

Este evento tem como objetivo apostar na identidade cultural da região como forma de valorizar as potencialidades do território, através das artes, trazendo uma oferta cultural que desafia todas as condicionantes existentes

Um evento diferente e singular, com uma identidade própria de fronteira e de homenagem histórica às suas gentes, através de um tema enraizado na memória coletiva local, regional, nacional e ibérica, como era a atividade do contrabando, e associando esta homenagem a toda uma oferta de animação cultural – mercado e teatralização de rua com personagens de época, animações musicais, folclóricas e etnográficas, espetáculos de teatro, circo e música, bem como a passagem entre Portugal e Espanha pela ponte pedonal flutuante – convertem este evento num produto âncora da estratégia de desenvolvimento da região, valorizando a economia local, o património histórico, os saberes tradicionais, estimulando iniciativas culturais, através de uma posição única, em que o rio Guadiana é fronteira natural, criando condições para que se formulem novas visões estratégicas para o desenvolvimento do território transfronteiriço de baixa densidade.

O evento com entrada gratuita prepara-se para receber visitantes.

Comentários (0)

Hot Four atuam na próxima sessão jazz nas adegas

Publicado em 21 Novembro 2018 por RUA

Já se encontram à venda os bilhetes para as sessões do Jazz nas Adegas agendadas para os dias 01 e 02 de dezembro, pelas 21h00 e 17h00 respetivamente, na Quinta dos Vales, onde atuará o grupo Hot Four.

Esta atividade, organizada pela Câmara Municipal de Silves, integra, mais uma vez, a programação cultural 365 Algarve e conta com produção artística do Ginásio Clube de Faro. Trata-se de uma iniciativa que pretende dinamizar culturalmente os locais onde se produzem os Vinhos de Silves, numa simbiose entre o vinho, o seu produtor e a música, proporcionando uma experiência única ao público, em locais pouco usuais para a apresentação de um concerto de Jazz.

Os concertos são, como habitualmente, acompanhados de provas dos vinhos produzidos pelas adegas anfitriãs, e contemplam ainda a degustação de tapas de produtos locais, num conceito de reconhecido sucesso que marca a oferta cultural de qualidade na época baixa de procura turística pelo Algarve.

Os ingressos têm um custo associado de 12 euros (inclui, para além do concerto, prova de vinhos do produtor, degustação de tapas de produtos locais, voucher de visita ao Castelo e Museu Municipal de Arqueologia e a oferta de uma garrafa de vinho), encontrando-se à venda na plataforma BOL  ou num dos seguintes locais: FNAC, Worten, El Corte Inglés, CTT Correios, Pousadas da Juventude, Quiosques Serveasy. O evento destina-se a maiores de 18 anos.

 

HOT FOUR

Quarteto formado por músicos algarvios e residentes no Algarve há vários anos, os Hot Four nasceram de encontros e cruzamentos em eventos e ambientes onde se ouve e toca o jazz. A cumplicidade e a amizade que se criou entre os músicos em encontros informais, em particular nas jam sessions dedicadas ao jazz, levou-os a criar um projeto de standards de jazz e bossanova.

O som dos Hot Four caracteriza-se pelo instrumental bastante musical e uma secção rítmica melódica, onde se destaca a voz e o violino de Betty M.

 

QUINTA DOS VALES

Situada em Estômbar, concelho de Lagoa, mas com vinhas no concelho de Silves, mais precisamente na freguesia de Silves, Sítio da Vala e tendo no total 18,5 hectares dedicados à produção de vinho, três dos quais em território silvense, esta quinta iniciou a sua produção em fevereiro de 2007, tendo lançado os primeiros vinhos em julho de 2008.

Com uma vasta gama de vinhos, a Quinta dos Vales também oferece ao visitante uma experiência única de contacto com a Arte, já que no seu espaço estão instaladas várias esculturas. Animais – entre os quais algumas raças tradicionais algarvias, como as ovelhas churras – também por ali se encontram.

Quem pretender visitar a quinta pode fazê-lo, dispondo este empreendimento de locais para alojamento, bem como de uma loja e sala de provas.

Comentários (0)

ArQuente promove ciclo de perfomances RE-FLUXUS

Publicado em 15 Novembro 2018 por RUA

Este fim de semana, dias 17 e 18 de novembro, decorre no espaço da Associação Cultural ArQuente, na Galeria Arco – Vila Adentro, Faro, o Ciclo de Performances RE-FLUXUS.

O título deste ciclo tem por inspiração o Movimento Fluxus que marcou as artes das décadas de 1960 e 1970 e que valorizava a criação coletiva através da integração de diferentes linguagens como música, cinema e dança, manifestando-se principalmente através de performances, happenings, instalações, entre outros suportes inovadores.

O RE-FLUXUS consiste em momentos performáticos avulsos, quer individuais ou grupais, associados aos temas de ‘rejeição’ [de um estado de coisas], da ‘saturação’ [de informação] e a dimensão confessional/autobiográfica subjacente ao próprio ato performático.

No total vão ser apresentadas seis performances, três por dia, das 17h00 até às 20h00:

Sábado, 17 de novembro- Estação Prematura | Glutamato Monossódico | Meias e Capacete

Domingo, 18 de novembro- Playlist | Oumuamua | What water?

O evento, organizado pela Associação Cultural ArQuente, conta com o apoio da Câmara Municipal de Faro, Associação 289 e Tertúlia Algarvia.

+ infos e reservas através de:

ArQuente Produção

t. 966480146

https://www.facebook.com/ArQuente

Comentários (0)

 
Destacar permite ouvir enquanto navegas na página. Essencial para quem usa Firefox
Destacar permite ouvir enquanto navegas na página. Essencial para quem usa Firefox
Destacar permite ouvir enquanto navegas na página. Essencial para quem usa Firefox
Destacar permite ouvir enquanto navegas na página. Essencial para quem usa Firefox
Destacar permite ouvir enquanto navegas na página. Essencial para quem usa Firefox
 
Jan
16
Qua
todo o dia Monstrare – 5ª edição de Mostra ... @ Cineteatro Louletano
Monstrare – 5ª edição de Mostra ... @ Cineteatro Louletano
Jan 16 todo o dia
Monstrare - 5ª edição de Mostra Internacional de Cinema Social @ Cineteatro Louletano
De quarta a sábado o Cineteatro Louletano recebe a Monstrare – 5ª edição de Mostra Internacional de Cinema Social. Este é o primeiro evento em Portugal dedicado exclusivamente ao cinema sobre temáticas sociais, sendo também[...]
09:00 Exposição “Metáfora e Metonímia”... @ IPDJ - Faro
Exposição “Metáfora e Metonímia”... @ IPDJ - Faro
Jan 16@09:00_18:00
Exposição “Metáfora e Metonímia” de João Góis no IPDJ @ IPDJ - Faro
“Metáfora e Metonímia” de João Góis, é a exposição que está patente no IPDJ até 29 de Janeiro. A exposição apresenta os últimos trabalhos a óleo e a aguarela do artista, cujo tema subjacente e[...]
Jan
17
Qui
09:00 Exposição “Metáfora e Metonímia”... @ IPDJ - Faro
Exposição “Metáfora e Metonímia”... @ IPDJ - Faro
Jan 17@09:00_18:00
Exposição “Metáfora e Metonímia” de João Góis no IPDJ @ IPDJ - Faro
“Metáfora e Metonímia” de João Góis, é a exposição que está patente no IPDJ até 29 de Janeiro. A exposição apresenta os últimos trabalhos a óleo e a aguarela do artista, cujo tema subjacente e[...]
Jan
18
Sex
09:00 Exposição “Metáfora e Metonímia”... @ IPDJ - Faro
Exposição “Metáfora e Metonímia”... @ IPDJ - Faro
Jan 18@09:00_18:00
Exposição “Metáfora e Metonímia” de João Góis no IPDJ @ IPDJ - Faro
“Metáfora e Metonímia” de João Góis, é a exposição que está patente no IPDJ até 29 de Janeiro. A exposição apresenta os últimos trabalhos a óleo e a aguarela do artista, cujo tema subjacente e[...]
17:00 “Jazz nas Adegas” com Zeus Faber @ Quinta João Clara - Alcantarilha
“Jazz nas Adegas” com Zeus Faber @ Quinta João Clara - Alcantarilha
Jan 18@17:00_23:15
"Jazz nas Adegas" com Zeus Faber @ Quinta João Clara - Alcantarilha
No fim de semana o Jazz nas Adegas está de regresso com Zeus Faber. A banda procura sempre compor sonoridades multiculturais, tendo como base o jazz e as diversas influências dos músicos envolvidos. O repertório[...]
21:30 “Mozart e o Papá Haydn”, pela Or... @ Teatro das Figuras - Faro
“Mozart e o Papá Haydn”, pela Or... @ Teatro das Figuras - Faro
Jan 18@21:30_22:45
“Mozart e o Papá Haydn”, pela Orquestra Clássica do Sul @ Teatro das Figuras - Faro
Sexta-feira o Teatro das Figuras recebe “Mozart e o Papá Haydn”, pela Orquestra Clássica do Sul. No segundo concerto do ciclo “Amadeus”, a orquestra convida Rui Borges Maia, na flauta e Salomé Pais Matos na[...]
Jan
19
Sáb
todo o dia Monstrare – 5ª edição de Mostra ... @ Cineteatro Louletano
Monstrare – 5ª edição de Mostra ... @ Cineteatro Louletano
Jan 19 todo o dia
Monstrare - 5ª edição de Mostra Internacional de Cinema Social @ Cineteatro Louletano
De quarta a sábado o Cineteatro Louletano recebe a Monstrare – 5ª edição de Mostra Internacional de Cinema Social. Este é o primeiro evento em Portugal dedicado exclusivamente ao cinema sobre temáticas sociais, sendo também[...]
10:00 Festa das Chouriças em Querença @ Querença
Festa das Chouriças em Querença @ Querença
Jan 19@10:00_23:45
Festa das Chouriças em Querença @ Querença
No fim de semana a Festa das Chouriças está de regresso a Querença. Sábado, às 21h na Casa do Povo tem lugar uma noite de fados que abre este certame. Domingo Mercadinho com exposição e[...]
17:00 “Jazz nas Adegas” com Zeus Faber @ Quinta João Clara - Alcantarilha
“Jazz nas Adegas” com Zeus Faber @ Quinta João Clara - Alcantarilha
Jan 19@17:00_23:15
"Jazz nas Adegas" com Zeus Faber @ Quinta João Clara - Alcantarilha
No fim de semana o Jazz nas Adegas está de regresso com Zeus Faber. A banda procura sempre compor sonoridades multiculturais, tendo como base o jazz e as diversas influências dos músicos envolvidos. O repertório[...]
21:30 “Estrelas Al Tango” no Teatro da... @ Teatro das Figuras - Faro
“Estrelas Al Tango” no Teatro da... @ Teatro das Figuras - Faro
Jan 19@21:30_23:30
“Estrelas Al Tango” no Teatro das Figuras @ Teatro das Figuras - Faro
Sábado o Teatro das Figuras recebe o espetáculo “Estrelas Al Tango”. Integrado no Festival de Tango do Algarve, esta é uma homenagem a um género musical que suscita paixões em todo o mundo. Dançarinos e[...]
21:30 III Festival Internacional de Pi... @ TEMPO - Portimão
III Festival Internacional de Pi... @ TEMPO - Portimão
Jan 19@21:30_22:45
III Festival Internacional de Piano do Algarve @ TEMPO - Portimão
Sábado, o TEMPO recebe o III Festival Internacional de Piano do Algarve com a audição do concerto nº1 de Tchaikovsky para Piano e Orquestra. Este concertro é porventura um dos mais conhecidos e icónicos do[...]
Jan
20
Dom
10:00 Festa das Chouriças em Querença @ Querença
Festa das Chouriças em Querença @ Querença
Jan 20@10:00_23:45
Festa das Chouriças em Querença @ Querença
No fim de semana a Festa das Chouriças está de regresso a Querença. Sábado, às 21h na Casa do Povo tem lugar uma noite de fados que abre este certame. Domingo Mercadinho com exposição e[...]
Newsletter
  1. Aguardamos os teus comentários e Sugestões