Arquivo | Cultura

Pronto a levar | Pronto a ler – Biblioteca Municipal de Faro permite empréstimo “Take Away”

Publicado em 15 Janeiro 2021 por RUA FM

Face à prorrogação do Estado de Emergência e do novo confinamento, a Biblioteca Municipal de Faro estará encerrada ao público a partir de 15 de janeiro, mantendo o empréstimo e devolução de documentos em regime de “Take away”.

PRONTO A LEVAR | PRONTO A LER é o serviço da Biblioteca que permite manter os hábitos de leitura dos munícipes de Faro. Para aceder a este serviço os interessados deverão consultar o catálogo online da Biblioteca no endereço biblioteca.cm-faro.pt, escolher as suas preferências literárias e contactar a Biblioteca através do e-mail bemprestimo@cm-faro.pt ou do telefone 289 870 000. Deverá indicar nome completo, o número de leitor da Biblioteca e os livros que pretende requisitar; será depois contactado para agendar data e horário para levantamento dos livros na Biblioteca Municipal. O serviço estará disponível de segunda a sexta-feira, das 10h00 às 12h30 e das 14h00 às 18h00.

Serão garantidas as orientações da Direção Geral da Saúde (DGS), o distanciamento físico, a etiqueta respiratória e o uso de equipamentos de proteção individual adequados, como viseira, máscara, luvas e desinfetante.

Face ao encerramento da Biblioteca ao público, não existirão penalizações por devolução fora de prazo.

Toda a informação em https://www.facebook.com/bibliotecamunicipaldefaro.

 

Comentários fechados em Pronto a levar | Pronto a ler – Biblioteca Municipal de Faro permite empréstimo “Take Away”

Teatro das Figuras com programação cultural suspensa até 30 de Janeiro

Publicado em 14 Janeiro 2021 por RUA FM

No âmbito das orientações emanadas pelo Conselho de Ministros de 13 de janeiro de 2021 e das medidas adotadas, para a prorrogação do estado de emergência, o Teatro das Figuras anunciou a suspensão da sua programação, até ao dia 30 de janeiro. A partir dessa data a situação será reavaliada em função da evolução epidemiológica, das orientações da DGS e da decisão do Conselho de Ministros.
Segundo o Comunicado do Conselho de Ministros emitido, neste período “determina-se o encerramento de um alargado conjunto de instalações e estabelecimentos, incluindo atividades culturais e de lazer”.
Neste contexto o concerto do projeto Leon Baldesbergers’s Meersalz será adiado para o dia 13 e maio, o espetáculo de Bruno Aleixo será reagendado para 8 de maio e a apresentação do novo trabalho de Noiserv terá lugar no dia 15 do mesmo mês.

À medida que forem sendo confirmados novos reagendamentos, os mesmos serão veiculados através dos canais de comunicação do Teatro das Figuras, sendo que os bilhetes adquiridos serão válidos para as datas posteriores. Quanto à política de reembolsos de bilhetes, o Teatro das Figuras aguarda ainda as orientações da tutela.

Os restantes espetáculos previstos mantêm-se agendados, sendo a sua apresentação definida em função da evolução da pandemia e até indicação em contrário.

O Teatro das Figuras tem ainda em vigor, desde o dia 9 de março de 2020 o Plano de Contingência para a COVID-19, que congrega as orientações estratégicas para a sua implementação na estrutura interna do Teatro Municipal de Faro, S.M.

A informação será permanentemente atualizada nos canais de comunicação do Teatro das Figuras, nomeadamente no sítio de Internet e nas páginas das redes sociais.

Comentários fechados em Teatro das Figuras com programação cultural suspensa até 30 de Janeiro

Direção Regional de Cultura do Algarve abre candidaturas aos apoios à ação cultural 2021

Publicado em 13 Janeiro 2021 por RUA FM

Estão abertas as candidaturas, até dia 8 de Março, para o Programa de Apoio À Ação Cultural (PAACA), da Direção Regional de Cultura do Algarve, destinados a apoiar iniciativas e projetos de agentes culturais associativos locais/regionais, não profissionais, sedeados no Algarve. 

O PAACA tem como objetivos centrais o apoio ao desenvolvimento de iniciativas/projetos culturais promovidos por entidades do setor cultural não profissionais, de modo a fortalecer o tecido cultural local com a criação e circulação artística, ao mesmo tempo que estimula e fortalece as relações de trabalho, entre os equipamentos culturais e estes agentes, e ajuda a qualificar os agentes que integram o setor cultural não profissional do Algarve.

Na análise aos projetos apresentados, a Direção Regional mantém como critérios de elegibilidade prioritários: o combate à exclusão social e à desertificação do interior do Algarve; o reforço do papel das Artes e Cultura na sensibilização para questões como: o respeito pelos direitos humanos, a igualdade e não discriminação, a integração das comunidades ciganas, a promoção da participação dos jovens, os desafios colocados pelas migrações e integração sócio-territorial; a educação para a cultura e para as artes; a valorização do património imaterial do Algarve e preservação das tradições, memórias e identidade, incluindo a revitalização de núcleos e centros históricos; a Inovação cultural, projectos multidisciplinares e multiculturais. Para além destes, que transitam da edição passada, este ano o programa introduz como nova temática a abordar, a da violência doméstica, por este ser um dos grandes dramas sociais que enfrentamos atualmente, sobre o qual a arte pode ter um importante papel de chamada de atenção e sensibilização, que é intenção da DRCAlg estimular.

Devido à situação provocada pela pandemia da COVID-19, para o ano de 2021 e a título extraordinário, são elegíveis, no âmbito do Programa de Apoio à Ação Cultural da DRCAlg, as despesas decorrentes de salários, afetos às ações culturais, devidamente justificadas, até ao montante de 15% do apoio total concedido. Os agentes culturais podem também centrar os seus projetos na componente de criação ou de apresentação em plataformas digitais, caso as condições impostas pela situação de pandemia se prolonguem no tempo, continuando a dificultar as apresentações presenciais e o contacto com o público.

As associações culturais do Algarve podem apresentar as suas candidaturas ao PAACA até dia 8 de março de 2021. 

As Regras de Candidatura e Apoio e o Formulário estão disponíveis em www.cultalg.pt

Comentários fechados em Direção Regional de Cultura do Algarve abre candidaturas aos apoios à ação cultural 2021

Família” é o mote da 7ª Monstrare – Mostra Internacional de Cinema Social

Publicado em 11 Janeiro 2021 por RUA FM

De 13 a 16 de janeiro a Câmara Municipal de Loulé, através do Loulé Film Office, estrutura dedicada à promoção do setor do cinema e audiovisual, lança mais uma edição da MONSTRARE – Mostra Internacional de Cinema Social. Este ano, o tema “Família” é o ponto de partida para os filmes apresentados e as conversas em torno dos mesmos.

Numa época em que a pandemia continua a condicionar o decorrer das iniciativas culturais, o evento será realizado em espaço virtual, isto é, nas redes sociais. Assim, através do Facebook do Loulé Film Office será possível visionar os filmes apresentados, bem como acompanhar os webinars propostos, enquanto que no Instagram haverá lugar às lives diárias e talks com convidados ligados ao setor do cinema.

No arranque da Mostra, 13 de janeiro, as “curtas” estarão em destaque no Short Films Day. Entre as 17h00 e as 20h00, a organização disponibiliza online “Moço”, de Bernardo Lopes; “A Mulher do Sjaaks morreu e ele tem que dizer alguma coisa”, de Eva Zanern (Países Baixos), “Califórnia”, de Nuno Baltazar; e “Vício para uma família feliz”, de Tiago R. Santos. Às 22h00, o realizador quarteirense Bernardo Lopes, recentemente distinguido com o Prémio Revelação no XXVI Festival Caminhos do Cinema Português com “Moço”, fará uma live no Instagram sobre este trabalho e o galardão que recebeu.

A produção luso-francesa “Montanha”, do realizador João Salaviza, é a proposta da MONSTRARE para o dia 14 de janeiro. Entre as 17h00 e as 20h00, vai ser possível visionar a película no Facebook.

Segue-se, às 21h00, um webinar com a produtora de “Montanha”, Maria João Mayer. Às 22h00, a atriz louletana Victoria Guerra fará um live no Instagram, juntando-se, assim, a mais uma iniciativa ligada ao cinema que acontece em Loulé.

O documentário “Tempo Comum” integra o programa da Mostra no dia 15 de janeiro – o DOC Day -, disponível online das 17h00 às 20h00. A realizadora Susana Nobre traz a lume o tema da maternidade.

A realizadora Susana Nobre e Ivone Machado, diretora da Casa da Primeira Infância de Loulé, serão as convidadas do webinar que terá lugar das 18h30 às 19h30, dedicado à temática central desta película. A partir das 23h00, haverá um talk no Instagram com o guionista, realizador e produtor Gonçalo Galvão Teles.

Refira-se que a MONSTRARE, palavra latina que significa tornar algo visível, é o primeiro evento em Portugal dedicado exclusivamente ao cinema sobre temáticas sociais. É mais uma das iniciativas que fazem parte da aposta da Câmara Municipal de Loulé na promoção e apoio à sétima arte, seja em termos da rodagem de produções ou da realização de eventos como os recentes Prémios Cinetendinha.

Comentários fechados em Família” é o mote da 7ª Monstrare – Mostra Internacional de Cinema Social

DiVaM 2021 abre candidaturas com o tema “Património, Comunidade e Inclusão”

Publicado em 06 Janeiro 2021 por RUA FM

A Direção Regional de Cultura do Algarve deu início à edição 2021 do DiVaM – Dinamização e Valorização dos Monumentos – com a abertura de candidaturas, até dia 28 de Fevereiro, de acordo com o seguinte tema: “Património, Comunidade e Inclusão”. 

Devido à situação provocada pela pandemia da COVID-19, este ano a DRCAlg considera a atribuição de um apoio a título extraordinário, onde são elegíveis as despesas correntes da estrutura, desde que devidamente justificadas, até ao montante máximo de 15 % do apoio total concedido. 

Assumindo que o Património deve ser, acima de tudo, um projeto de cidadania e que não pode estar desfasado das pessoas, pretende-se construir uma programação cultural que promova um verdadeiro e honesto diálogo entre as comunidades e os monumentos.

Porque o património só pode ser efetivamente valorizado se tiver uma real significância no quotidiano e na vida das suas comunidades, e por se entender que o “espírito do lugar” pode ser continuamente redescoberto, se existir uma verdadeira inclusão das comunidades no processo de construção patrimonial, colocam-se algumas questões que importa dar resposta:

O que nos dizem as pessoas que aí vivem sobre estes monumentos e a sua História? Partilham dos mesmos discursos? Que outras histórias e memórias terão para contar? Qual a ligação pessoal e emocional das pessoas com estes testemunhos patrimoniais materiais e imateriais? Qual o verdadeiro papel das comunidades patrimoniais no processo de gestão e valorização patrimonial? Quais as narrativas que a partir daí se podem construir, para além do «discurso patrimonial autorizado»?

Reforçando o propósito iniciado em anos anteriores, pretende-se continuar a promover os princípios basilares da «Convenção de Faro» com a participação ativa das comunidades envolventes no processo de desconstrução e construção patrimonial, colocando as pessoas e os valores humanos no cerne da questão.

Tendo «Património, Comunidades e Inclusão» como tema central do DiVaM 2021 e apelando à inclusão das comunidades no processo de construção de novos projetos culturais, convidam-se todas as associações culturais da região algarvia, à apresentação de candidaturas para a programação do DiVaM 2021. 

As Regras de Candidatura e Apoio e o Formulário estão disponíveis em www.cultalg.pt

 

Comentários fechados em DiVaM 2021 abre candidaturas com o tema “Património, Comunidade e Inclusão”

Cineteatro Louletano com programação de referência em 2021

Publicado em 30 Dezembro 2020 por RUA FM

Ano novo, vida nova e também no Cineteatro Louletano em 2021 a programação trará um vasto leque de estreias com foco na qualidade, inovação e pedagogia cultural.

No ano que se avizinha, e em que se comemoram os 10 anos da reinauguração do Cineteatro após as obras de restauro, a programação volta a ter o melhor do teatro nacional com propostas inéditas a sul, tais como a peça “A margem do tempo”, naquela que será a despedida de palco da atriz Eunice Muñoz, “Festa de 15 anos” de Mickael de Oliveira com Albano Jerónimo, “Perfil Perdido” de Marco Martins com Beatriz Batarda e Romeu Runa e “Cenas da vida conjugal”, de Rita Calçada Bastos com Ivo Canelas.

No âmbito da colaboração com a ACTA – Companhia de Teatro do Algarve, o Cineteatro acolherá em 2021 “A noite de Molly Bloom” e “Um gajo nunca mais é a mesma coisa”.

Já no ciclo “Implikação”, iniciado em 2019, continuamos com a programação implicada e de escuta sobre a nossa sociedade: “Engolir Sapos”, da Amarelo Silvestre, sobre o tema da inclusão social e das minorias, nomeadamente da comunidade de etnia cigana, “Fake”, de Inês Barahona & Miguel Fragata, sobre o tema da verdade/mentira e das fake news, “Diário de uma República – I”, da Amarelo Silvestre, sobre a justiça, “Catarina ou a beleza de matar fascistas”, de Tiago Rodrigues, sobre o poder, “Do bosque para o mundo”, de Inês Barahona & Miguel Fragata, sobre a temática dos refugiados, “Romeu e Romeu” de João de Brito, “Cordyceps”, de João Pedro Leal, Eduardo Molina e Marco Mendonça, sobre a democracia e “Monólogo de uma mulher chamada Maria com a sua patroa”, de Sara Barros Leitão, sobre o tema da emancipação do feminino, ela que ganhou em dezembro de 2020 o Prémio Revelação Ageas Teatro D. Maria II.

Por outro lado, incidindo sobre projetos de maior experimentação e inovação estética, a programação do CTL terá vários espetáculos que cruzam teatro e performance conferindo ainda uma maior contemporaneidade à programação, tais como “Antes”, de Pedro Penim, do Teatro Praga e “Triste English in Spanish”, de Sónia Baptista.

A reposição de uma encomenda do CTL que toca a alma de todos os louletanos – a peça de teatro “Soberana”, em torno das celebrações religiosas da Mãe Soberana – subirá ao palco pelo Teatro do Eléctrico com encenação de Ricardo Neves-Neves, agora com quatro apresentações depois do sucesso em 2019.

2021 continuará o trabalho na área da Dança, a começar pelo Fórum de Dança Inclusiva pelo Grupo Dançando com a Diferença que introduz um novo vetor estratégico a nível da programação regular do Cineteatro, centrado na dimensão inclusiva da Dança. Congregando não só as instituições do concelho de Loulé e da região que trabalham com pessoas com deficiência (motora, intelectual) como a restante comunidade ao nível das escolas e dos projetos sociais da autarquia desenvolvidos com a população sénior. Também merecem destaque a estreia a sul da nova criação da Companhia Paulo Ribeiro, em que o CTL é co-produtor; a nova criação do coreógrafo David Marques, “Mistério da Cultura”, que aborda o mundo da arte e os meandros da burocracia cultural; uma peça da reconhecida dupla São Castro e António M Cabrita; “Last”, que opera uma releitura da obra de Beethoven para o mundo da dança contemporânea, com a atuação ao vivo do prestigiado Quarteto de Cordas de Matosinhos; quatro criações da IN TRANZ YT Cia.Jovem, de Cristina Pereira e Vasco Macide, trazendo a Loulé vários talentos promissores da cena nacional e internacional, em estreia a sul e o espetáculo “O lugar do canto está vazio”, da prestigiada dupla Sofia Dias e Vítor Roriz em parceria com a Companhia Maior, numa co-produção do CTL.

Em 2021, a música continua com um lugar especial na programação. No dia da cidade de Loulé, Mário Laginha e o seu trio, compositor e pianista, assinalando também os 10 anos da reinauguração do Cineteatro Louletano (2011-2021), em fevereiro, mas também Teresa Salgueiro (ex-Madredeus), Cuca Roseta, estreia a sul do novo disco sobre Amália, Capicua, e o contrabaixista Carlos Bica com uma encomenda, “Playing with Beethoven” em que junta Daniel Erdmann, DJ Illvibe e João Paulo Esteves da Silva para uma gravação de um disco ao vivo. Mas a música não pára aí. Tiago Bettencourt vem a Loulé apresentar o novo disco, Márcia, Cati Freitas, e Mila Ferreira, todos eles vão contribuir para um ano em cheio no palco de uma casa que conta já com 90 anos de existência e que se tem afirmado como um equipamento de excelência no Algarve e a nível nacional. Honrando esse espírito, acolhemos o prestigiado Prémio Jovens Músicos Antena 2/RTP, damos ar ao Festival Internacional de Trompete, acolhemos Amélia Muge & Filipe Raposo, o recital sobre Strauss do pianista Nuno Vieira de Almeida com o ator Albano Jerónimo e o Festival de Música Al-Mutamid. E abrimos de novo as portas aos projetos “made in Algarve”, tais como Paulinho Lêmos, Osmose, Carolina Fonson, estes dois no ciclo ilustres desconhecidos, Zé Francisco & Vitorino, e Nelson Conceição (Garvefole) ou ainda a Gala dos Fadistas Louletanos e a estreia nacional do CAL Jazz Colective composto por alguns dos músicos mais virtuosos da nova geração sediados a sul.

Para além do Teatro, da Música e da Inclusão pela Dança/Movimento, um outro vetor estratégico da programação do Cineteatro consiste nos cruzamentos interdisciplinares. 2021 traz consigo a 6.ª edição do Som Riscado – Festival de Música e Imagem de Loulé, com diversos concertos, debates, instalações interativas e formações de referência a sul do país. Mas também o Festival Verão Azul, organizado pela Associação CasaBranca e o Fome – Festival de Objectos e Marionetas & Outros Comeres produzido pela ACTA numa lógica em rede e o Central Artes – Programação cultural em rede, numa aposta dos vários municípios do Algarve Central.

Quem conhece o Cineteatro Louletano sabe que, desde 2014, se tem apostado num forte envolvimento com as associações locais incluindo também a comunidade escolar. Assim, as seguintes criações, quase todas em absoluta estreia a sul do país e a maioria delas co-produzida pelo Cineteatro, englobam essa preocupação e terão interação com esses agentes específicos: “Engolir Sapos”, “Romeu e Romeu” de João de Brito, “O Céu por cima de cá” da Companhia de Música Teatral, “Fake”, “Assim devera eu ser” de Catarina Moura, Celina da Piedade e Sara Vidal, sobre a vida e obra de Amália, “Diário de uma República – I”, “Do bosque para o mundo”, “Aldebarã” de Marco Paiva e uma nova ópera infanto-juvenil de Ricardo Neves-Neves com Martim Sousa Tavares.

Isto sem esquecer os três concertos “Promenade” que a Orquestra Clássica do Sul vai realizar, num ambiente de informalismo e proximidade destinado às famílias, sensibilizando os mais novos para a riqueza da música erudita.

O cinema também continuará a projetar-se na sala do CTL. A Monstrare – Mostra Internacional de Cinema Social, agora na sétima edição, irá trazer o melhor do cinema que trata e pensa as questões da atualidade no mundo, com alguns dos melhores realizadores e talentos ao nível do filme e documentário. Também a Mostra de Cinema da América Latina que vai já para a sua 11ª edição, ou ainda a clássica Festa do Cinema Italiano, que coloca Loulé no roteiro nacional que engloba várias cidades terão lugar no grande ecrã.

Recorde-se que apesar do contexto adverso, devido à pandemia COVID-19, o Cineteatro Louletano conseguiu manter os seus padrões elevados em 2020, missão que perseguirá em 2021. A estrutura que tem sido, entre outras, uma aposta estratégica importante por parte do município, tem privilegiado não só a Cultura e os agentes culturais mas também demonstrado que é possível exercer o seu papel de serviço público e de formação de públicos numa lógica de responsabilidade cultural, implementando todas as medidas de higiene e segurança necessárias.

O Cineteatro é uma estrutura cultural no domínio das artes performativas da Câmara Municipal de Loulé, integrado na Rede Azul – Rede de Teatros do Algarve e na Rede 5 Sentidos.

Comentários fechados em Cineteatro Louletano com programação de referência em 2021

LUX FILM DAYS ONLINE: Ciclo de Cinema do Parlamento Europeu – 18 a 24 de dezembro

Publicado em 17 Dezembro 2020 por RUA FM

O Parlamento Europeu em Portugal, juntamente com a Filmin Portugal, plataforma de streaming dedicada ao cinema europeu e de autor, apresentam “Lux Film Days Online”, uma mostra de filmes europeus no âmbito do Prémio Lux de Cinema, disponíveis gratuitamente de 18 a 24 de Dezembro em www.filmin.pt.

O Parlamento Europeu criou o Prémio Lux de Cinema para melhorar a distribuição dos filmes europeus em toda a Europa e estimular o debate à escala europeia sobre as principais questões sociais da atualidade.

Esta iniciativa tem por objetivo celebrar a União Europeia como espaço comum de liberdade criativa, a Europa que apoia a sétima arte e encoraja os seus criadores, nomeadamente no âmbito do Programa Europa Criativa 

A programação conta com dois filmes que competem pelo Prémio Lux de Cinema 2020: 

Corpus Christi, A Redenção, de Jan Komasa, nomeado para o Óscar de Melhor Filme Internacional (em representação da Polónia), uma poderosa reflexão sobre fé, religião, o indivíduo e a sociedade;

Martin Eden, de Pietro Marcello, vencedor do Prémio Melhor Actor no Festival de Veneza, uma adaptação lírica do romance homónimo de Jack London, que dialoga com os dias de hoje.

A seleção de filmes inclui ainda vários vencedores e finalistas do Prémio LUXnomeadamente os vencedores A Mulher em Guerrade Benedikt Erlingsson (LUX Prize 2018), Sami Blood, de Amanda Kernell (LUX Prize 2017) e Welcome, de Philippe Lioret (LUX Prize 2009), e os candidatos A Minha Vida de Courgette, de Claude Barras (finalista do LUX Prize 2016), e Inimigo da Turma, de Roc Bicek (finalista do LUX Prize 2014).

Programação Lux Film Days Online: 

– Corpus Christi, A Redenção, de Jan Komasa (Films4You)
– Martin Eden, de Pietro Marcello (Leopardo Filmes)
– A Mulher em Guerra, de Benedikt Erlingsson (Films4You)
– Sami Blood, de Amanda Kernell
– Welcome, de Philippe Lioret
– A Minha Vida de Courgette, de Claude Barras (Outsider Films)
– Inimigo da Turma, de Roc Bicek (Legendmain Filmes)

A visualização destes conteúdos é oferecida pelo Parlamento Europeu, tornando este ciclo totalmente gratuito para todos – subscritores e não subscritores da plataforma Filmin.

Comentários fechados em LUX FILM DAYS ONLINE: Ciclo de Cinema do Parlamento Europeu – 18 a 24 de dezembro

Município de Faro promove 44º edição da Feira do Livro

Publicado em 09 Dezembro 2020 por RUA FM

 O Município de Faro vai promover, entre os dias 10 e 13 de dezembro, a 44ª edição da Feira do Livro de Faro. Tendo em conta as atuais condições sanitárias e cumprindo escrupulosamente as diretivas das autoridades de saúde, o certame irá realizar-se no espaço da antiga loja Zara, na Rua de Santo António, entre as 10h00 e as 20h00.

As sessões com escritores e outros convidados vão realizar-se no Club Farense e no Ginásio Clube de Faro. Em permanência, no espaço da Feira, estará patente a exposição O Morcego Bibliotecário, de Paulo Galindro. Os Poetas não Morrem é a proposta de Fernando Cabral para revisitar, em diferentes momentos, a vida e a obra de Luís de Camões, António Aleixo e Fernando Pessoa.

Do programa da Feira destacamos: no dia 10, no Ginásio Clube de Faro, pelas 18h00, sessão com o escritor Afonso Cruz, moderada por Hélder Beja que, no dia 11, pela mesma hora, conversará com Bruno Vieira Amaral. No mesmo local, pelas 21h30, a ARQUENTE apresentará o espetáculo Diz-me António.

No sábado, dia 12, pelas 11h30, no Club Farense, será apresentado o livro Avó de Coração, de Cristina Taquelim, com a moderação de Ana Soares; pelas 15h00, Nelson Nunes moderará a conversa com Tânia Ganho, no espaço do Ginásio Clube de Faro, onde, também, pelas 16h30 terá lugar a Entrevista de Vida a Joana Bertholo, e às 18h, Cristina Taquelim apresentará Contos para Adultos. Pelas 21h00, o Clube Farense será palco para Poesia 21 – Espetáculo Literário.

No dia 13, domingo, pelas 11h30, será a vez de Hora do Conto, por Joana Maria Ramos, no Ginásio Clube de Faro. Às 15h00, no Club Farense, Ana Soares moderará o encontro com o escritor Rui Cardoso Martins. No Ginásio Clube de Faro, pelas 16h30, Entrevista de Vida a Patrícia Muller e, às 18h00, a performance Fui à Cabine e Roubei um Livro, produzida pelo LAMA.

É este o programa da 44ª edição da Feira do Livro de Faro que, apesar dos constrangimentos causados pela situação sanitária, vai realizar-se, cumprindo o Município de Faro o seu compromisso de apoio à actividade cultural, à promoção do livro e da leitura.

Comentários fechados em Município de Faro promove 44º edição da Feira do Livro

Silves vive a Alegria do Natal

Publicado em 09 Dezembro 2020 por RUA FM

Silves Alegria do Natal está de volta com as cores, brilho e misticismo da quadra natalícia, animando a cidade de 7 de dezembro a 7 de janeiro próximo. Um comboio e um carrossel – que farão a delícias dos mais novos – o mercadinho de Natal, a casa do Pai Natal, figuras natalícias de grande dimensão e animação são alguns dos atrativos. A entrada é livre.

Esta 4.ª edição do evento leva até à Praça Al-Muthamid, para além de diversos elementos decorativos como o tradicional trenó familiar e a casa do Pai Natal, um mercadinho de Natal com bebidas quentes e outros produtos alimentares, e contará com outras novidades, nomeadamente a instalação de um carrossel e a circulação de um comboio de Natal no recinto. Como habitualmente, haverá, ainda, neste espaço uma tenda grande onde se irão dinamizar diversos espetáculos, no âmbito do apoio da autarquia aos artistas locais. Mas as novidades não ficam por aqui… Este ano, quem passar pelo “Silves Alegria do Natal” não pode deixar de visitar a “photowall” para registo fotográfico da visita ao evento e, assim, poder recordar mais tarde esta experiência.

À semelhança da edição anterior, as vilas de Armação de Pêra e de SB Messines tornam-se, também, núcleos de animação, com alguns elementos cénicos da atividade e da quadra, uma photowall e um comboio de Natal, que circulará junto à Fortaleza e ao Jardim Municipal das referidas localidades, respetivamente.

Adicionalmente haverá, ainda, áreas de animação. Uma delas será na Praça Al-Muthamid, local onde decorrerão espetáculos com atuações nos dias 7, 8, 9, 10, 11, 12, 15, 16, 17, 18, 21, 22 e 23 de dezembro, no âmbito da rúbrica de apoio aos artistas locais, denominada os Santos da Casa; no dia 04 de janeiro com um concerto de ano novo e a 6 de janeiro com o habitual Encontro de Janeiras. A entrada é livre mas requer a apresentação de voucher, que poderá ser recolhido na Biblioteca Municipal de Silves até duas horas antes de cada espetáculo ou no próprio local no dia e hora do evento (estando, neste caso, sujeito à disponibilidade de lugares). Decorrerá também um ciclo de concertos de Natal em todas as freguesias do concelho com espetáculos nas Igrejas e Sé Catedral de Silves. A entrada nestes espetáculos é gratuita, requerendo, no entanto, a apresentação de voucher que poderá ser levantado no local, nos momentos que antecedem o espetáculo. Os interessados poderão consultar os programas de animação com detalhe no portal do Município de Silves, em https://www.cm-silves.pt/pt/destaques/7160/de-7-de-dezembro-a-7-de-janeiro-silves-vive-alegria-do-natal.aspx.

De referir que a realização do Silves Alegria do Natal e dos espetáculos a ele associados cumpre as normas e diretrizes da DGS, sensibilizando-se, no entanto, os participantes a cumprirem as regras básicas de uso de máscara, higienização das mãos, distanciamento de segurança e etiqueta respiratória.

A Câmara Municipal de Silves convida, assim, todos a fazerem parte desta festa e a visitar Silves nesta alegria do Natal.

Horário: 14h00-20h00

Aberto todos os dias (exceto 24, 25 e 31 de dezembro.2020 e 01 de janeiro.2021)

Comentários fechados em Silves vive a Alegria do Natal

Aldina Duarte, Beethoven, Sílvia Pérez Cruz e uma programação especial de natal para as famílias encerram as comemorações dos 15 anos do Teatro das Figuras, em Dezembro

Publicado em 02 Dezembro 2020 por RUA FM

Em dezembro, o Teatro das Figuras, em Faro, encerra as comemorações dos seus 15 anos de atividade com uma programação pensada para os seus mais diversos públicos, apostando fortemente na música ao vivo, em que se destacam os concertos das artistas Aldina Duarte e Sílvia Pérez Cruz, e o bailado A Rainha da Neve, inspirado no conto de Hans Christian Andersen, pela Companhia de Dança do Algarve.

Música

Aldina Duarte, uma das grandes vozes do Fado contemporâneo, reconhecida pela sua personalidade artística inconfundível e pela sua singular capacidade interpretativa, atua no dia 4 de dezembro às 19h30. O concerto insere-se na digressão de apresentação do seu mais recente disco, Roubados, que editou em novembro de 2019 e para o qual escolheu reportório de fadistas que são referência na sua arte (Amália Rodrigues, Beatriz da Conceição, Carlos do Carmo, Carlos Ramos, Celeste Rodrigues, Hermínia Silva, João Ferreira Rosa, Lucilia do Carmo, Maria da Fé, Maria Teresa de Noronha, Tony de Matos e Tristão da Silva ), criando as suas próprias versões dos originais por si “roubados”.

A espanhola Silvia Pérez Cruz & Farsa Circus Band chega a Faro no dia 15 de dezembro, pelas 19h30, para um espetáculo único, em que apresenta Farsa, o seu último disco, criado a partir de diálogos com outras disciplinas artísticas como o teatro, o cinema, a dança, a poesia, a pintura ou o cinema de animação. Gravado entre 2019 e 2020, Farsa (género impossível) responde à inquietação da artista em relação à dualidade do que se mostra e o que realmente somos, como sobrevive a fragilidade interior, do íntimo, nestes tempos em que o superficial é tão arrasador que o que se vê pode chegar a confundir-se com o que se escuta.

A 3 de dezembro o Teatro das Figuras continua a sua homenagem a Beethoven como tem vindo a acontecer nos meses de outubro e novembro. Beethoven e a sua época – Bomtempo insere-se na celebração dos 250 anos do nascimento do compositor, com particular enfoque na música instrumental de câmara e comemora o grande aniversário de Beethoven numa perspetiva de contextualização e enquadramento com outros célebres músicos da sua época com quem revela mais afinidades.

 

Teatro

Animais Carnívoros, uma coprodução Útero e Teatro das Figuras que se insere no Ciclo Às Quintas no Teatro, sobe a palco no dia 10 de dezembro. Trata-se de uma proposta que questiona o papel do público no teatro e não só, numa época “Covid” e “pós-Covid” que vem reforçar esse pensamento acerca da relação de uma obra com o público. Partindo do texto Os animais carnívoros do livro Evocação Animal de Herberto Hélder, as palavras ecoam fazendo-nos pensar no modo como vivemos agora e que caminhos conseguiremos trilhar.

Destaque ainda para O meu Amigo Robô, uma peça infantil apresentada no dia 13 de dezembro, que conta a estória do encontro entre uma menina e um robô. Será que um robô pode ser nosso amigo? Será que sabe dar abraços? Será que tem coração?

Dança

No fim de semana de 19 e 20 de dezembro, com duas sessões às 16h00, o Teatro da Figuras apresenta o bailado A Rainha da Neve pela Companhia de Dança do Algarve. Um espetáculo para toda a família que transporta o público para um mundo fantástico, em que um espelho mágico tem a particularidade de fazer desaparecer todas as coisas boas e bonitas que nele se refletem e aumentar tudo o que é inútil e feio. Um dia, o espelho mágico estilhaça-se em milhões de bocadinhos, que voam e se espalham pelo mundo inteiro, atingindo o pequeno Kay. Este torna-se, então, sensível aos encantos da gélida Rainha da Neve que o leva para o seu distante palácio.

Poesia

No âmbito do ciclo Noites de Poesia, terá lugar no dia 2 de dezembro, às 19h30, A Língua no Ouvido, um projeto do escritor Luis Ene e do músico Todd Sheldrick. Um escritor diz alguns textos da sua autoria. As palavras dobram-se e desdobram-se à procura de um sentido. Os sons adicionam-se às palavras.

Programação Paralela

Continuam as palestras online Vidas Com Arte, no canal de Youtube do Teatro das Figuras, que começaram na quarentena e têm como objetivo dar a conhecer os percursos artísticos e criativos de artistas já com créditos firmados mas também de novos artistas emergentes: no dia 10 de Dezembro o convidado é o incontornável encenador Ricardo Pais.

Informação completa sobre a programação disponível no sítio de Internet do Teatro das Figuras.

Comentários fechados em Aldina Duarte, Beethoven, Sílvia Pérez Cruz e uma programação especial de natal para as famílias encerram as comemorações dos 15 anos do Teatro das Figuras, em Dezembro

 
Destacar permite ouvir enquanto navegas na página. Essencial para quem usa Firefox
Destacar permite ouvir enquanto navegas na página. Essencial para quem usa Firefox
Destacar permite ouvir enquanto navegas na página. Essencial para quem usa Firefox
Destacar permite ouvir enquanto navegas na página. Essencial para quem usa Firefox
Destacar permite ouvir enquanto navegas na página. Essencial para quem usa Firefox
 
Jan
28
Qui
11:00 Exposição “Território Solar” no ... @ Museu Municipal de Faro
Exposição “Território Solar” no ... @ Museu Municipal de Faro
Jan 28@11:00_17:00
Exposição “Território Solar” no Museu Municipal de Faro @ Museu Municipal de Faro
Até 28 de março, o Museu Municipal de Faro recebe a Exposição “Território Solar”. São obras24 obras da Coleção de Fotografia Contemporânea do Novo Banco, com a curadoria de Maria Eduarda Duarte. A exposição promove[...]
Jan
29
Sex
11:00 Exposição “Território Solar” no ... @ Museu Municipal de Faro
Exposição “Território Solar” no ... @ Museu Municipal de Faro
Jan 29@11:00_17:00
Exposição “Território Solar” no Museu Municipal de Faro @ Museu Municipal de Faro
Até 28 de março, o Museu Municipal de Faro recebe a Exposição “Território Solar”. São obras24 obras da Coleção de Fotografia Contemporânea do Novo Banco, com a curadoria de Maria Eduarda Duarte. A exposição promove[...]
Jan
30
Sáb
11:00 Exposição “Território Solar” no ... @ Museu Municipal de Faro
Exposição “Território Solar” no ... @ Museu Municipal de Faro
Jan 30@11:00_17:00
Exposição “Território Solar” no Museu Municipal de Faro @ Museu Municipal de Faro
Até 28 de março, o Museu Municipal de Faro recebe a Exposição “Território Solar”. São obras24 obras da Coleção de Fotografia Contemporânea do Novo Banco, com a curadoria de Maria Eduarda Duarte. A exposição promove[...]
Jan
31
Dom
11:00 Exposição “Território Solar” no ... @ Museu Municipal de Faro
Exposição “Território Solar” no ... @ Museu Municipal de Faro
Jan 31@11:00_17:00
Exposição “Território Solar” no Museu Municipal de Faro @ Museu Municipal de Faro
Até 28 de março, o Museu Municipal de Faro recebe a Exposição “Território Solar”. São obras24 obras da Coleção de Fotografia Contemporânea do Novo Banco, com a curadoria de Maria Eduarda Duarte. A exposição promove[...]
Fev
1
Seg
11:00 Exposição “Território Solar” no ... @ Museu Municipal de Faro
Exposição “Território Solar” no ... @ Museu Municipal de Faro
Fev 1@11:00_17:00
Exposição “Território Solar” no Museu Municipal de Faro @ Museu Municipal de Faro
Até 28 de março, o Museu Municipal de Faro recebe a Exposição “Território Solar”. São obras24 obras da Coleção de Fotografia Contemporânea do Novo Banco, com a curadoria de Maria Eduarda Duarte. A exposição promove[...]
Fev
2
Ter
11:00 Exposição “Território Solar” no ... @ Museu Municipal de Faro
Exposição “Território Solar” no ... @ Museu Municipal de Faro
Fev 2@11:00_17:00
Exposição “Território Solar” no Museu Municipal de Faro @ Museu Municipal de Faro
Até 28 de março, o Museu Municipal de Faro recebe a Exposição “Território Solar”. São obras24 obras da Coleção de Fotografia Contemporânea do Novo Banco, com a curadoria de Maria Eduarda Duarte. A exposição promove[...]
Fev
3
Qua
11:00 Exposição “Território Solar” no ... @ Museu Municipal de Faro
Exposição “Território Solar” no ... @ Museu Municipal de Faro
Fev 3@11:00_17:00
Exposição “Território Solar” no Museu Municipal de Faro @ Museu Municipal de Faro
Até 28 de março, o Museu Municipal de Faro recebe a Exposição “Território Solar”. São obras24 obras da Coleção de Fotografia Contemporânea do Novo Banco, com a curadoria de Maria Eduarda Duarte. A exposição promove[...]
Fev
4
Qui
11:00 Exposição “Território Solar” no ... @ Museu Municipal de Faro
Exposição “Território Solar” no ... @ Museu Municipal de Faro
Fev 4@11:00_17:00
Exposição “Território Solar” no Museu Municipal de Faro @ Museu Municipal de Faro
Até 28 de março, o Museu Municipal de Faro recebe a Exposição “Território Solar”. São obras24 obras da Coleção de Fotografia Contemporânea do Novo Banco, com a curadoria de Maria Eduarda Duarte. A exposição promove[...]
Fev
5
Sex
11:00 Exposição “Território Solar” no ... @ Museu Municipal de Faro
Exposição “Território Solar” no ... @ Museu Municipal de Faro
Fev 5@11:00_17:00
Exposição “Território Solar” no Museu Municipal de Faro @ Museu Municipal de Faro
Até 28 de março, o Museu Municipal de Faro recebe a Exposição “Território Solar”. São obras24 obras da Coleção de Fotografia Contemporânea do Novo Banco, com a curadoria de Maria Eduarda Duarte. A exposição promove[...]
Fev
6
Sáb
11:00 Exposição “Território Solar” no ... @ Museu Municipal de Faro
Exposição “Território Solar” no ... @ Museu Municipal de Faro
Fev 6@11:00_17:00
Exposição “Território Solar” no Museu Municipal de Faro @ Museu Municipal de Faro
Até 28 de março, o Museu Municipal de Faro recebe a Exposição “Território Solar”. São obras24 obras da Coleção de Fotografia Contemporânea do Novo Banco, com a curadoria de Maria Eduarda Duarte. A exposição promove[...]
Fev
7
Dom
11:00 Exposição “Território Solar” no ... @ Museu Municipal de Faro
Exposição “Território Solar” no ... @ Museu Municipal de Faro
Fev 7@11:00_17:00
Exposição “Território Solar” no Museu Municipal de Faro @ Museu Municipal de Faro
Até 28 de março, o Museu Municipal de Faro recebe a Exposição “Território Solar”. São obras24 obras da Coleção de Fotografia Contemporânea do Novo Banco, com a curadoria de Maria Eduarda Duarte. A exposição promove[...]
Fev
8
Seg
11:00 Exposição “Território Solar” no ... @ Museu Municipal de Faro
Exposição “Território Solar” no ... @ Museu Municipal de Faro
Fev 8@11:00_17:00
Exposição “Território Solar” no Museu Municipal de Faro @ Museu Municipal de Faro
Até 28 de março, o Museu Municipal de Faro recebe a Exposição “Território Solar”. São obras24 obras da Coleção de Fotografia Contemporânea do Novo Banco, com a curadoria de Maria Eduarda Duarte. A exposição promove[...]
Newsletter
  1. Aguardamos os teus comentários e Sugestões