Calendar

Fev
28
Sex
“À Babuja” em Alte, Loulé e Quarteira @ Alte, Loulé e Quarteira
Fev 28@11:00_18:00

No fim de semana o LAMA leva a sua peça “À Babuja” a Alte, Loulé e Quarteira.

Num dia soalheiro, um homem larga a sua rotina e, inspirado por um livro de aventuras, dá largas ao cavalo da imaginação. Este cavaleiro dos tempos modernos precisa de um co-piloto, de uma dama nobre a quem arrebatar com uma serenata e de inimigos.

Um Dom Rodrigo e um medronho também não lhe cairiam mal.

Dois actores e um músico dão corpo a este épico algarvio, temperado com o melhor que o Algarve tem.

«À Babuja», para ver sexta, às 17h00 na Junta de Freguesia Alte, sábado às 11h na Cerca do Convento do Espírito Santo, em Loulé e domingo às 16h na Praça do Mar, em Quarteira.

“Deux Pierres” em Alferce @ Casa do Povo de Alferce - Monchique.
Fev 28@18:00_22:30

De sexta a domingo a Casa do Povo de Alferce recebe o espectáculo “Deux Pierres”.

Uma bruma de onde surgem pequenas personagens sem ligação direta ao quotidiano onde foram feitas… tudo cabe na palma de uma mão ou mesmo numa caixa de sapatos. Trata-se de uma “bricolage” poética, uma mistura improvável de objetos usados, retirados de gavetas esquecidas, com coisas que não foram para o lixo.

Molas da roupa velhas, pedacinhos de fio e cordéis, traves e troncos de madeira banhados pelo mar e pelo vento, caroços de fruta esculpidos. Um povo imaginário oriundo da Turákia, país imaginário que existe em geografia vertical.

“Deux Pierres” pelo Turak Théâtre, sexta e sábado às 21h30 e domingo às 18h na Casa do Povo de Alferce, Monchique.

“Diz-me António” no Cineteatro Louletano @ Cine-Teatro Louletano
Fev 28@21:30_23:00

Sexta-feira, sobe ao palco do Cineteatro Louletano “Diz-me António”.

O poema, o corpo, a voz, a música, o público, um público que será voz, um corpo que será poema, um poema feito região.

‘Diz-me, António’ é um espetáculo de dança contemporânea que se inspira no universo de António Aleixo, num tributo ao seu nascimento e obra. O movimento, a palavra e a música em busca de uma poética da performance, em que três criadores/intérpretes se reúnem a refletir sobre o Poeta Algarvio.

Para ver sexta-feira, às 21h30, no Cineteatro Louletano, “Diz-me António”.

Fev
29
Sáb
“À Babuja” em Alte, Loulé e Quarteira @ Alte, Loulé e Quarteira
Fev 29@11:00_18:00

No fim de semana o LAMA leva a sua peça “À Babuja” a Alte, Loulé e Quarteira.

Num dia soalheiro, um homem larga a sua rotina e, inspirado por um livro de aventuras, dá largas ao cavalo da imaginação. Este cavaleiro dos tempos modernos precisa de um co-piloto, de uma dama nobre a quem arrebatar com uma serenata e de inimigos.

Um Dom Rodrigo e um medronho também não lhe cairiam mal.

Dois actores e um músico dão corpo a este épico algarvio, temperado com o melhor que o Algarve tem.

«À Babuja», para ver sexta, às 17h00 na Junta de Freguesia Alte, sábado às 11h na Cerca do Convento do Espírito Santo, em Loulé e domingo às 16h na Praça do Mar, em Quarteira.

“Deux Pierres” em Alferce @ Casa do Povo de Alferce - Monchique.
Fev 29@18:00_22:30

De sexta a domingo a Casa do Povo de Alferce recebe o espectáculo “Deux Pierres”.

Uma bruma de onde surgem pequenas personagens sem ligação direta ao quotidiano onde foram feitas… tudo cabe na palma de uma mão ou mesmo numa caixa de sapatos. Trata-se de uma “bricolage” poética, uma mistura improvável de objetos usados, retirados de gavetas esquecidas, com coisas que não foram para o lixo.

Molas da roupa velhas, pedacinhos de fio e cordéis, traves e troncos de madeira banhados pelo mar e pelo vento, caroços de fruta esculpidos. Um povo imaginário oriundo da Turákia, país imaginário que existe em geografia vertical.

“Deux Pierres” pelo Turak Théâtre, sexta e sábado às 21h30 e domingo às 18h na Casa do Povo de Alferce, Monchique.

Mar
1
Dom
“À Babuja” em Alte, Loulé e Quarteira @ Alte, Loulé e Quarteira
Mar 1@11:00_18:00

No fim de semana o LAMA leva a sua peça “À Babuja” a Alte, Loulé e Quarteira.

Num dia soalheiro, um homem larga a sua rotina e, inspirado por um livro de aventuras, dá largas ao cavalo da imaginação. Este cavaleiro dos tempos modernos precisa de um co-piloto, de uma dama nobre a quem arrebatar com uma serenata e de inimigos.

Um Dom Rodrigo e um medronho também não lhe cairiam mal.

Dois actores e um músico dão corpo a este épico algarvio, temperado com o melhor que o Algarve tem.

«À Babuja», para ver sexta, às 17h00 na Junta de Freguesia Alte, sábado às 11h na Cerca do Convento do Espírito Santo, em Loulé e domingo às 16h na Praça do Mar, em Quarteira.

“Deux Pierres” em Alferce @ Casa do Povo de Alferce - Monchique.
Mar 1@18:00_22:30

De sexta a domingo a Casa do Povo de Alferce recebe o espectáculo “Deux Pierres”.

Uma bruma de onde surgem pequenas personagens sem ligação direta ao quotidiano onde foram feitas… tudo cabe na palma de uma mão ou mesmo numa caixa de sapatos. Trata-se de uma “bricolage” poética, uma mistura improvável de objetos usados, retirados de gavetas esquecidas, com coisas que não foram para o lixo.

Molas da roupa velhas, pedacinhos de fio e cordéis, traves e troncos de madeira banhados pelo mar e pelo vento, caroços de fruta esculpidos. Um povo imaginário oriundo da Turákia, país imaginário que existe em geografia vertical.

“Deux Pierres” pelo Turak Théâtre, sexta e sábado às 21h30 e domingo às 18h na Casa do Povo de Alferce, Monchique.

 
Destacar permite ouvir enquanto navegas na página. Essencial para quem usa Firefox
Destacar permite ouvir enquanto navegas na página. Essencial para quem usa Firefox
Destacar permite ouvir enquanto navegas na página. Essencial para quem usa Firefox
Destacar permite ouvir enquanto navegas na página. Essencial para quem usa Firefox
Destacar permite ouvir enquanto navegas na página. Essencial para quem usa Firefox
 
Newsletter
  1. Aguardamos os teus comentários e Sugestões