Calendar

Categorias ▾
  • Academia
  • Academia
  • Cinema
  • Cultura
  • Dança
  • Desporto
  • Exposições
  • Música
  • Teatro

Agenda

+ Expandir − Diminuir Hoje
  1. Jul
    21
    Qui

    1. Exposição Palmas Douradas – Tertúlia Algarvia (dia-todo)
      Jul 21 – Set 22

      Quinta-feira, é inaugurada a exposição Palmas Douradas

      A Tertúlia Algarvia recebe mais uma exposição dedicada a uma técnica artesanal típica da região: a empreita de palma. Os trabalhos apresentados nesta mostra são da autoria de Maria João Gomes.

      Maria João Gomes sentia-se frustrada pelas “normas” e “usos” de trabalhar a palma. Não se podendo contentar com as cestas ou os modelos habituais, começou então a dar outras formas à palma, mas com as mesmas técnicas ancestrais.

      De 21 de Julho a 22 de Setembro, exposição Palmas Douradas, na Tertúlia Algarvia em Faro.

      +
      Exposição Palmas Douradas – Tertúlia Algarvia (dia-todo)
  2. Ago
    16
    Ter

    1. Arena Fun Brick – Portimão (dia-todo)
      Ago 16 – Set 4

      A partir de terça-feira, Portimão recebe o segundo Arena Fun Brick.

      Esta exposição contará com a presença da maior cidade com construções em Lego do País, em mais de 90 metros quadrados de uma só mesa, com aproximadamente de 5 milhões de peças coloridas de Lego, elaborada e edificada por um só colecionador. Uma mega exposição de construções com Lego, a Arena Fun Brick promete ser uma experiência única para todas as idades.

      A exposição poderá ser visitada de segunda a quinta-feira das 14h00 às 22h00, ao sábado das 10h00 às 23h00 e ao domingo das 10h00 às 20h00. No Parque de Feiras e Exposições em Portimão,a partir de dia 16 de Agosto até dia 4 de Setembro.

      +
      Arena Fun Brick – Portimão (dia-todo)
  3. Ago
    24
    Qua

    1. Exposição “As Origens Pré-Históricas do Reino dos Algarves” (dia-todo)
      Ago 24

      “As Origens Pré-Históricas do Reino dos Algarves” é o nome da exposição que está em exibição até 31 de agosto no Centro de Ciência Viva de Lagos.

      A exposição com uma retrospetiva do conhecimento arqueológico da região do Algarve, resulta de quase 150 anos de investigação, feita pelo grupo de investigadores do Centro de Arqueologia e Evolução do Comportamento Humano e do Centro de Ciência Viva do Algarve.

      O ex-libris da exposição é uma placa paleolítica, descoberta no sítio arqueológico de Vale de Boi, no concelho de Vila do Bispo.

      Grande parte dos materiais expostos resulta de trabalhos de investigação, realizados ou coordenados pela Universidade do Algarve.

      Até 31 de agosto, “As Origens Pré-Histórica do Reino dos Algarves”, no Centro de Ciência Viva de Lagos.

       

       

      +
      Exposição “As Origens Pré-Históricas do Reino dos Algarves” (dia-todo)
    2. Exposição “Rosetta – No rasto do Cometa” (dia-todo)
      Ago 24

      “Rosetta – No rasto do Cometa” é o nome da exposição em exibição no Centro de Ciência Viva de Tavira, até 15 de outubro.

      Uma mostra interativa, para toda a família, com o objetivo de dar a conhecer um pouco mais sobre os cometas, acompanhando a viagem da sondaRosetta, uma sonda especial construída e lançada pela Agência Especial Europeia.

      Até 15 de outubro, “Rosetta – No rasto do Cometa”, no Centro de Ciência Viva de Tavira.

      +
      Exposição “Rosetta – No rasto do Cometa” (dia-todo)
    3. “ARANEUS”
      10:00 – 18:00

      Até 30 de setembro, o Centro de Ciência Viva do Algarve acolhe a exposição de aranhas e escorpiões vivos, “ARANEUS”.

      A exposição integra cerca de 40 exemplares vivos em terrários fechados de vidro.

      Desta a aranha mais venenosa do mundo, a viúva-negra-americana, à maior de todas, a tarântula-golias.

      Criaturas de oito patas, quatro pares de olhos e qualíceras venenosas que nunca nos deixam indiferentes.

      “ARANEUS”, até 30 de setembro, no Centro de Ciência Viva do Algarve.

      +
      10:00
      “ARANEUS”
    4. “Peoples” em exposição no Museu Nacional de Faro
      10:00 – 18:00

       O Museu Municipal de Faro recebe quinta-feira a exposição “Peoples”, de  Hermínio Pinto da Silva.

       “Peoples” é o retrato da fragilidade da vida humana, desde o momento em que  nascemos, quando espreitamos os primeiros raios de luz e precisamos de  proteção, até à nossa partida. Estamos em contrarrelógio, em contagem  decrescente, numa vida vertiginosa entre a casa e o trabalho. Sobra pouco  para a família e para os amigos, não se chega a saborear verdadeiramente os  prazeres da vida. Resta a solidão, a tristeza e o abandono. Pinto da Silva não  nos submete a uma perspetiva melodramática ou fatalista da vida, mas antes,  à sua visão de uma sociedade apática, competitiva e desigual. Contudo, as  pessoas também são solidárias e amigas – especialmente em tempos de  aperto ou dificuldades. Somos seres complexos e surpreendentes.

       É com esta mensagem que “Peoples” nos deixa no Museu Municipal de Faro. A  ser vista até 3 de Julho.

       

      HORÁRIO

      Inverno (1 de Outubro a 31 de Maio) 3ª a 6ª – 10.00h – 18.00h

      Sábado e Domingo – 10.30h – 17.00h

      A última entrada faz-se 30 minutos antes de encerrar.

      Entrada Gratuita ao Domingo para todos os visitantes até às 14.30h

      Verão (1 de Junho a 30 de Setembro)

      3ª a 6ª – 10.00h – 19.00h

      A última entrada faz-se às 18.30h

      Sábado e Domingo – 11.30h – 18.00h

      A última entrada faz-se 30 minutos antes de encerrar.

      Entrada Gratuita ao Domingo para todos os visitantes até às 15:30h.

      Encerra à Segunda-feira

      +
      10:00
      “Peoples” em exposição no Museu Nacional de Faro
  4. Ago
    25
    Qui

    1. Exposição “As Origens Pré-Históricas do Reino dos Algarves” (dia-todo)
      Ago 25

      “As Origens Pré-Históricas do Reino dos Algarves” é o nome da exposição que está em exibição até 31 de agosto no Centro de Ciência Viva de Lagos.

      A exposição com uma retrospetiva do conhecimento arqueológico da região do Algarve, resulta de quase 150 anos de investigação, feita pelo grupo de investigadores do Centro de Arqueologia e Evolução do Comportamento Humano e do Centro de Ciência Viva do Algarve.

      O ex-libris da exposição é uma placa paleolítica, descoberta no sítio arqueológico de Vale de Boi, no concelho de Vila do Bispo.

      Grande parte dos materiais expostos resulta de trabalhos de investigação, realizados ou coordenados pela Universidade do Algarve.

      Até 31 de agosto, “As Origens Pré-Histórica do Reino dos Algarves”, no Centro de Ciência Viva de Lagos.

       

       

      +
      Exposição “As Origens Pré-Históricas do Reino dos Algarves” (dia-todo)
    2. Exposição “Rosetta – No rasto do Cometa” (dia-todo)
      Ago 25

      “Rosetta – No rasto do Cometa” é o nome da exposição em exibição no Centro de Ciência Viva de Tavira, até 15 de outubro.

      Uma mostra interativa, para toda a família, com o objetivo de dar a conhecer um pouco mais sobre os cometas, acompanhando a viagem da sondaRosetta, uma sonda especial construída e lançada pela Agência Especial Europeia.

      Até 15 de outubro, “Rosetta – No rasto do Cometa”, no Centro de Ciência Viva de Tavira.

      +
      Exposição “Rosetta – No rasto do Cometa” (dia-todo)
    3. “ARANEUS”
      10:00 – 18:00

      Até 30 de setembro, o Centro de Ciência Viva do Algarve acolhe a exposição de aranhas e escorpiões vivos, “ARANEUS”.

      A exposição integra cerca de 40 exemplares vivos em terrários fechados de vidro.

      Desta a aranha mais venenosa do mundo, a viúva-negra-americana, à maior de todas, a tarântula-golias.

      Criaturas de oito patas, quatro pares de olhos e qualíceras venenosas que nunca nos deixam indiferentes.

      “ARANEUS”, até 30 de setembro, no Centro de Ciência Viva do Algarve.

      +
      10:00
      “ARANEUS”
    4. “Peoples” em exposição no Museu Nacional de Faro
      10:00 – 18:00

       O Museu Municipal de Faro recebe quinta-feira a exposição “Peoples”, de  Hermínio Pinto da Silva.

       “Peoples” é o retrato da fragilidade da vida humana, desde o momento em que  nascemos, quando espreitamos os primeiros raios de luz e precisamos de  proteção, até à nossa partida. Estamos em contrarrelógio, em contagem  decrescente, numa vida vertiginosa entre a casa e o trabalho. Sobra pouco  para a família e para os amigos, não se chega a saborear verdadeiramente os  prazeres da vida. Resta a solidão, a tristeza e o abandono. Pinto da Silva não  nos submete a uma perspetiva melodramática ou fatalista da vida, mas antes,  à sua visão de uma sociedade apática, competitiva e desigual. Contudo, as  pessoas também são solidárias e amigas – especialmente em tempos de  aperto ou dificuldades. Somos seres complexos e surpreendentes.

       É com esta mensagem que “Peoples” nos deixa no Museu Municipal de Faro. A  ser vista até 3 de Julho.

       

      HORÁRIO

      Inverno (1 de Outubro a 31 de Maio) 3ª a 6ª – 10.00h – 18.00h

      Sábado e Domingo – 10.30h – 17.00h

      A última entrada faz-se 30 minutos antes de encerrar.

      Entrada Gratuita ao Domingo para todos os visitantes até às 14.30h

      Verão (1 de Junho a 30 de Setembro)

      3ª a 6ª – 10.00h – 19.00h

      A última entrada faz-se às 18.30h

      Sábado e Domingo – 11.30h – 18.00h

      A última entrada faz-se 30 minutos antes de encerrar.

      Entrada Gratuita ao Domingo para todos os visitantes até às 15:30h.

      Encerra à Segunda-feira

      +
      10:00
      “Peoples” em exposição no Museu Nacional de Faro
 
Destacar permite ouvir enquanto navegas na página. Essencial para quem usa Firefox
Destacar permite ouvir enquanto navegas na página. Essencial para quem usa Firefox
Destacar permite ouvir enquanto navegas na página. Essencial para quem usa Firefox
Destacar permite ouvir enquanto navegas na página. Essencial para quem usa Firefox
Destacar permite ouvir enquanto navegas na página. Essencial para quem usa Firefox
 
Newsletter
  1. Aguardamos os teus comentários e Sugestões