Calendar

Categorias ▾
  • Academia
  • Academia
  • Cinema
  • Cultura
  • Dança
  • Desporto
  • Exposições
  • Música
  • Teatro

Agenda

+ Expandir − Diminuir Hoje
  1. Set
    20
    Qui

    1. “Um solo para a sociedade” no Teatro das Figuras
      21:30 – 22:45

      Quinta-feira o Teatro das Figuras recebe o espetáculo “Um solo para a sociedade”, inserido no Festival Dance, Dance, Dance.

      A partir do monólogo O Contrabaixo, de Patrick Süskind, António Cabrita e São Castro aprofundam a reflexão sobre como as pessoas ocupam um território comum, abordando problemáticas que norteiam a condição humana; ampliando o gesto como movimento elaborado e exteriorizado dessa reflexão.

      O confronto do eu e dos outros, do barulho e do silêncio, em som visível no corpo.

      Para ver quinta-feira, às 21h30 no Teatro das Figuras em Faro, “Um solo para a sociedade”.

      +
      21:30
      “Um solo para a sociedade” no Teatro das Figuras
  2. Set
    22
    Sáb

    1. “As Desfiadoras” no Castelo de Aljezur
      17:00 – 18:30

      Sábado o Castelo de Aljezur recebe “As Desfiadoras”.

      Este é um espetáculo inspirado nas figuras da mitologia grega “As moiras” tecedeiras do destino dos homens e dos Deuses. As três moiras convidam ao desafiar de contos, cantos e poesia. Iluminando as palavras, criam imagens do passado, do presente e do futuro.

      Trazendo a história do Lugar, levam o público a questionar-se sobre a importância da História, da Cultura e da sua própria responsabilidade tanto na caminhada humana, como no seu percurso pessoal.

      “As Desfiadoras” para assistir sábado, às 17h no Castelo de Aljezur.

      +
      17:00
      “As Desfiadoras” no Castelo de Aljezur
    2. “Pedra e Cal“ na Ermida de Nossa Srª. de Guadalupe
      21:00 – 22:30

      Sábado a Ermida de Nossa Srª. de Guadalupe recebe “Um Mar de Filmes” com a exibição de “Pedra e Cal“.

      A projeção está inserida na 1ª Mostra de Cinema Documental Português ao Ar Livre que leva documentários ligados à etnografia nacional e arqueologia contemporânea aos Monumentos do Algarve.

      Em “Pedra e Cal“ os dias vazios nas casas quase esvaziadas são revisitados por Catarina Alves Costa, que, com este filme, testemunha o despovoamento que condena o interior do Alentejo, uma das regiões mais isoladas de Portugal.

      “Pedra e Cal“ para ver sábado às 21h na Ermida de Nossa Srª. de Guadalupe, em Vila do Bispo.

      +
      21:00
      “Pedra e Cal“ na Ermida de Nossa Srª. de Guadalupe
    3. Beto Kalulu no TEMPO
      21:30 – 22:45

      Sábado o TEMPO recebe Beto Kalulu.

      “45 Anos de Música” é o título do novo álbum do músico editado em Novembro de 2017.

      São 45 anos de carreira celebrados num álbum que reúne sete músicas originais e três dos temas de maior sucesso com novos arranjos.

      O álbum conta com a participação de cerca de 40 músicos convidados e inclui também uma secção de metais, um coro gospel e algumas surpresas.

      Beto Kalulu e “45 Anos de Música”, sábado às 21h30 no Teatro Municipal de Portimão.

      +
      21:30
      Beto Kalulu no TEMPO
    4. “The Bride” no Teatro das Figuras
      21:30 – 22:45

      Sábado o Teatro das Figuras recebe o espetáculo “The Bride”.

      Inserido no Festival “Dance, Dance, Dance” este é um solo, interpretado por uma bailarina Coreana, que mostra, pela sua graciosidade, expressividade e mensagem, que não são as diferenças de género, culturais ou outras que afastam os povos.

      Esta matriarca representada como a noiva é uma personagem forte, organizada, determinada e corajosa que permite utilizá-la como fio condutor para a apresentação.

      “The Bride”, sábado às 21h30 no Teatro das Figuras em Faro.

      +
      21:30
      “The Bride” no Teatro das Figuras
  3. Set
    23
    Dom

    1. “Nico,1988″ – Cineclube de Tavira
      20:30 – 22:00

      “Nico, 1988″ é o filme que o Cineclube de Tavira exibe domingo.

      Depois de ter passado por Nova Iorque e pelos Velvet Underground nos anos 1960, Nico dá início a uma longa e prolífera carreira a solo. Na década seguinte, a cantora, de origem alemã, regressa à Europa para tocar ao vivo e acaba por tornar-se também actriz, participando em vários filmes de Philippe Garrel. Já nos anos 1980, instala-se definitivamente em Inglaterra e volta a dedicar-se à música.

      “Nico, 1988″ foca os últimos dois anos da vida de Nico, em Manchester.

      Para ver domingo, às 20h30, ao ar livre no Convento do Carmo em Tavira.

      +
      20:30
      “Nico,1988″ – Cineclube de Tavira
 
Destacar permite ouvir enquanto navegas na página. Essencial para quem usa Firefox
Destacar permite ouvir enquanto navegas na página. Essencial para quem usa Firefox
Destacar permite ouvir enquanto navegas na página. Essencial para quem usa Firefox
Destacar permite ouvir enquanto navegas na página. Essencial para quem usa Firefox
Destacar permite ouvir enquanto navegas na página. Essencial para quem usa Firefox
 
Newsletter
  1. Aguardamos os teus comentários e Sugestões