Algarve renova Festival Internacional em Querença

Publicado em 10 Maio 2017 por RUA

No fim-de-semana em que o Papa pisa solo português e numa altura em que os fluxos migratórios fazem a actualidade, há um festival literário no Algarve, a 10 quilómetros de Loulé, que coloca em primeiro plano refugiados, agentes sociais e escritores que reflectem sobre o tema.

Veja-se o caso de Daud Al Anazy, que fugiu de Mossul dentro de um camião-cisterna e num barco que se afundou no mar Egeu. Em 2016, lançou um livro escrito a quatro mãos com a professora de português Helena Franco, onde relata esta e outras estórias. O tema “Literatura e Sociedade: Pontes de Solidariedade” contará com António Branco, reitor da Universidade do Algarve, para abrir as conferências.

O Festival Literário Internacional de Querença (FLIQ), agora na segunda edição, terá o director de informação da RTP como um dos moderadores. Paulo Dentinho conduzirá uma conversa onde estarão presentes entidades como o Conselho Português para os Refugiados, a Autoridade Marítima, a Santa Casa da Misericórdia de Faro e a Plataforma Global de Assistência aos Estudantes Sírios.

Todas as iniciativas gravitam em torno da Palavra em todas as suas formas – dita, lembrada, escrita, cantada, subvertida, dançada, repetida, encenada, discutida. “O Festival Literário Internacional de Querença visa fortalecer e promover a identidade cultural do Algarve através da expressão literária, mas também promover o interesse e o gosto pela leitura e pela escrita, sem restrições!”, reforça Luís Guerreiro, presidente da Fundação Manuel Guerreiro, entidade organizadora do FLIQ.

Com data de realização nos dias 12, 13 e 14 de Maio, o programa inclui nomes sonantes da literatura, como Teresa Rita Lopes. No sábado, o FLIQ homenageia a escritora algarvia e professora universitária, referência internacional no estudo da obra de Fernando Pessoa. O dia 13, dedicado à autora, contará com intervenções de Catherine Dumas, Manuel Moya, João Luiz, Carlos Brito, entre outros.

José Fanha e Fernando Esteves Pinto também estarão presentes trazendo duas colectâneas de sua autoria que, em comum, têm os mais recentes fluxos migratórios. Reúnem textos de outros escritores, tais como Afonso Cruz, Miguel Real e Cristina Carvalho.

O FLIQ reunirá também a fotógrafa Telma Veríssimo; do teatro: Luísa Monteiro e Paulo Moreira (da ACTA – A Companhia de Teatro do Algarve), o grupo Ao Luar Teatro; e os músicos Francisco Fanhais, Moçoilas e Afonso Dias, que protagonizará uma noite de tertúlia literária (sábado).

Patrícia de Jesus Palma, da comissão organizadora, lembra que este é um Festival para todos. “E é, sobretudo, um bom momento para celebrar as relações humanas que se criam a partir da(s) leitura(s), aconteçam por necessidade ou por prazer.” – conclui.

O evento contará com uma Feira do Livro, leituras, documentários, exposições, performances teatrais e musicais, actividades para o público infanto-juvenil e gastronomia serrana. Destaque para um jantar típico “Manuel Viegas Guerreiro” com várias iguarias locais, na 6ª feira, disponível mediante pré-inscrição.

Na semana do Festival, Luís Guerreiro deixa o convite: “No dia 12, 13 e 14, todos os caminhos do Sul vão ter a Querença. Todos! Porquê? Porque vai decorrer o Festival Internacional de Querença.”

O FLIQ tem o apoio da Direcção Regional de Cultura do Algarve, Câmara Municipal de Loulé, União de Freguesias de Querença, Tôr e Benafim, Programa Algarve 365 e Ombria Resort. Tem a Antena 1 como media partner.

A entrada é livre.

Mais sobre o FLIQ, no site da Fundação Manuel Viegas Guerreiro e no Facebook do Festival.

  • twitter
  • facebook
  • myspace
  • google
  • aim
  • blinklist
  • blogger
  • blogmarks
  • buzz
  • connotea
  • delicious
  • digg
  • diigo
  • fark
  • friendfeed
  • furl
  • linkedin
  • live
  • livejournal
  • magnolia
  • mixx
  • netvibes
  • netvouz
  • newsvine
  • propeller
  • reddit
  • slashdot
  • stumbleupon
  • technorati
  • yahoo

Deixa um Comentário

 
 
Destacar permite ouvir enquanto navegas na página. Essencial para quem usa Firefox
Destacar permite ouvir enquanto navegas na página. Essencial para quem usa Firefox
Destacar permite ouvir enquanto navegas na página. Essencial para quem usa Firefox
Destacar permite ouvir enquanto navegas na página. Essencial para quem usa Firefox
Destacar permite ouvir enquanto navegas na página. Essencial para quem usa Firefox
 
Newsletter
  1. Aguardamos os teus comentários e Sugestões